Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Convenções sociais

por t2para4, em 29.05.12

Acho que estou a perder a capacidade de ser simpática.

Não para com crianças, que são o público-alvo da minha profissão e são elas que me dão algum ânimo neste trabalho tão mal visto e recompensado. Para com adultos.

Custa-me ter que representar uma simpatia forçada para quem não é nada simpático para comigo ou para com as piolhas. Ando tão farta de levar patadas de tantos lados que não sei o que o que é ser simpático ou querido para alguém e, nem sempre, revejo esse retorno da outra parte.

 

Acho que as pessoas confundem piedade e coitadinhice com simpatia e auxílio. E eu não preciso disso, nem as piolhas.

Ando sempre tensa, à espera do próximo golpe e de como o receber sem me magoar. Já me começam a chatear os silênciso quando entro em algum lado, as brincadeiras parvas de recusas de espaços de trabalho ("ah nao pode trabalhar aqui que este espaço é meu... Estou só a brincar! Vá lá, então!"), o ignorar a minha presença, etc... Claro que, se o fazem quando ando sozinha e estou a trabalhar, não faz sentido nenhum que essas mesmas pessoas já me conheçam quando estou noutros contextos ou acompanhada pela minha família.

 

E, pergunto-me eu, que mal fará se uma criança autista não entende os sinais de integração ou recusa social... Por que temos que nos esforçar tantopara agradar aos outros? Por que temos que arranjar estratégias para ensinar estas coisas tão ingratas e dificeis até para adultos e fazer disto uma chapa 3? E, já agora, quem ditou que tínhamos que obedecer a estas convenções sociais e fazer conversas de conveniência da treta que para nada servem? Falar do tempo??? Please! Se eu quiser saber como está o tempo, vou à página da metereologia!!

 

Pffff, um desabafo desorganizado, tal como ficou o meu espírito mal regressei ao trabalho...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:05

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Helena a 29.05.2012 às 12:31

Hi hi hi hi
este último parágrafo parece que foi escrito pelo meu marido!!!
Tá-me sempre a dizer a mesma coisa,
e que as pessoas são muito impostoras,
que se todos fossem como ele (com traços leves de Asperger) o mundo funcionava muito melhor.


no fundo é verdade... mas provavelmente não era um mundo tão "colorido"...


bjs
Imagem de perfil

De t2para4 a 29.05.2012 às 17:00

Eu continuo a pensar muito nesta questão... Principalmente quando vejo o esforço que, por vezes, nós adultos fazemos ou para entender ou para disfarçar/conter/resguardar alguma emoção e como é suposto "ensinar" isto a crianças que ainda só agora estão a começar a conhecer os sinais do contente, triste e zangado? É difícil...


Eu acho que dispensava esse mundo assim tão colorido. Às vezes a camuflagem é tão demasiadamente boa que ninguém a vê até ela cair mesmo... Veja-se o que aconteceu com a minha irmã... É quase impossível eu não transpor a minha preocupação para as piolhas...
Sem imagem de perfil

De rainbow mum a 29.05.2012 às 21:20

Tambem devo ter uns tracos de Asperger entao pois nunca tive pachorra para conversas de circunstancia e normalmente sou muito directa com as pessoas... Talvez o mundo fosse bem melhor se fossemos todos um pouco mais autistas :)
Imagem de perfil

De t2para4 a 09.06.2012 às 14:39

Concordo plenamente! Pena que assim não seja... Mas pronto, prefiro acreditar e QUERO acreditar que estes meninos mais autistas trazem um novo olhar sobre as coisas e podemos aprender mais com eles, afinal "uma pedra quando cai na água faz salpicos...". Acho que uma nova visão das coisas também faz falta!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens