Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Casinha de bonecas

por t2para4, em 19.11.12

Pai sofre. Já vão perceber porquê.

 

Os spots publicitários do Natal são demais. Não é fácil gerir tudo aquilo e até a mim se me vidram os olhos quanto mais às piolhas. Mas estas piolhas são umas ratitas espertalhonas e já não pedem "oh pai, compra!", já dizem "oh pai, faz!" sejam pranchas, asas de borboletas/vestidos/sapatos de barbies ou casinhas de bonecas. 

Ora é aqui que entra o sofrimento do pai: uma tarde enfiado no arrumo, entre madeiras reaproveitadas do que ainda sobra para lá de gavetas e prateleiras, com parafusos, máquinas Bosch e a certeza de que a bancada de trabalho ainda serviria para algo útil. O pai fez uma casa de bonecas em madeira para as piolhas. Just like that.

Aqui está o passo a passo:

 

Primeiro a escolha das madeiras e a verificação do tamanho

 

 

Aparafusa-se a estrutura e aquilo que serão os futuros andares (a casa terá 3 andares + sótão)

 

Cortam-se tábuas para fazer as divisões da casa e aparafusa-se tudo. O telhado é posto.

 

 

Veda-se a parte de trás da casinha com uma placa de madeira (das que veem nos móveis de wc), aparafusa-se e cortam-se as sobras.

 

Aproveitam-se os restos de silicone para encher os buracos de parafusos e rasgos onde passariam gavetas (madeiras reaproveitadas dá nisto) e passa-se uma espécie de primário para tirar brilhos e permitir que depois a tinta acrílica adira bem.

 

 Primeira reação das piolhas à casa: aprovada! Os animais até podem lá entrar e cabem bem. Está preparada para ser pintada, a mesa protegida.

 

Trabalho de equipa: todas pintamos e o pai descansa. Atente-se à nossa palete de cores: uma caixa de ovos é o sítio ideal para despejar várias cores de tinta e ir doseando, sem nos preocuparmos com copinhos.

  

 

Trabalho de equipa desfalcado: uma piolha concentradíssima enquanto a outra já pinta as mãos porque isso é bem mais divertido do que pintar uma casa enorme. O trabalho de equipa durou uns meros 10 a 15 minutos...  

 

Trabalho final que ficou ao encargo da mãe: vários reaproveitamentos de tinta e novas doses no telhado e estrutura exterior. Quando as piolhas acordaram da sesta, o difícil foi convencê-las a não mexerem na casinha porque estava a secar... Mas lá se convenceram depois de uns dedos sujos e das ameaças de terem uma casa a esvoaçar janela abaixo se insistissem  na teimosia. Correu bem.

 

A casa estará pronta para brincarem não tarda e espero que lhes continue a fazer as delícias. Até lá, aceitam-se sugestões e afins de como a "decorar" sem gastar dinheiro, claro. Camas, cadeiras, mesas e afins :) as mesas podem ser carrinhos de linhas (tenho cá uns antigos, de madeira) mas o resto falta. Nunca tive nenhuma casinha e faltam-me essas valências.

 

O pai está de parabéns! As piolhas adoraram e agora prepara-se (e eu também) para o próximo "pai, faz" :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Silvia Pereira a 19.11.2012 às 14:48

Olá,


Em pequena nunca cheguei a ter uma casa de bonecas, mas acho que fazer uma é uma excelente ideia e quem tem jeito então é mesmo de aproveitar....
A minha gosta de cozinhas e por as bonecas a dormir( só não são barbies agora lembrou-se das bonecas cde trapos!!!), acho que tenho de convencer alguém aqui de casa a fazer uma!!! Ainda por cima vem quase com instruções:-p


Bjinhos ficou mesmo muito bem
Imagem de perfil

De t2para4 a 22.11.2012 às 23:11

Eu também nunca tive nenhuma mas não me lembro de alguma vez ter pensado nisso :) 
experimenta procurar na net um modelo de cozinha que seja direito e simples e usa a imaginação :) depois é só pintar com as cores de que a piolha mais gosta e voilà!
beijocas!
Sem imagem de perfil

De Sandra a 19.11.2012 às 17:14

Olá!
A casinha está bestial, e vai entreter muito mais as meninas do que uma comprada precisamente por ser feita (também) por elas. Cria logo uma ligação emocional muito forte.
Respondendo ao repto, aqui vão ideias de mais alguém que nunca se meteu nessas aventuras de “casa para as bonecas” (daí que a viabilidade destas sugestões esteja necessariamente sujeita a confirmação por testes a serem feitos… pode acabar isto tudo por se revelar completamente inexequível):
A cama pode ser uma caixa de um baralho de cartas fechado com fita-cola e pintado cor de madeira ou da cor que a decoradora de interiores defina para tal; a opção seguinte será entre uma cama de estilo oriental (i.e., pousada diretamente no chão, sem mais nada) ou de um estilo mais clássico / europeu (ou seja, com quatro macarrões riscados colados e/ou cosidos na vertical a fazerem os pés da cama). Para decoração, pode levar uma colcha feita de feltro (afinal, o inverno está aí à porta, não é? É escusado deixar que as bonecas se constipem por dormirem com frio…) ou com restos de uma t-shirt velha, de um pano do pó, de …, de uma cor que fique bem com a do tapete (mais um retângulo de feltro ou do tecido das toalhas de banho, cujo nome não me vem agora à cabeça – este é mais felpudo, acumula mais pó, mas é mais suave nos pés das bonecas que provavelmente não terão chinelos).
Se as bonecas forem muito vaidosas e fizerem questão de um mega-espelho a ocupar a parede quase toda, quatro pauzinhos de gelado (se ainda os houver por esta altura do ano…) colados numa cartolina poderão fazer a moldura, e o espelho será a parte brilhante do papel de alumínio. Fixação à parede via bostik!
Para completar o quarto de dormir, o guarda-fatos poderá ser feito a partir de uma caixa de Maizena ou de uma caixa de gelatina (consoante o tamanho que lá ficar melhor); seja qual for a caixa (que poderá ter qualquer coisa pesada lá dentro, fita-colada ao chão do guarda-fatos, para fazer peso e assegurar que ele não voe ou caia a torto e a direito), deverá ser pintada / forrada da cor da cama, porque serão um kit (tipo Moviflor ou Ikea); se a decoradora quiser pôr uns puxadores nas pseudo-portas (que podem ser de abrir ou não – isso será definido pelo corte a ser feito ou não com um x-ato na frontaria do roupeiro a acompanhar o contorno das portas, feito previamente com um mercador preto), botões pequeninos (colados e/ou cosidos) cumprirão bem com essa função Para as mesinhas de cabeceira, não tenho ideia absolutamente nenhuma.

Cápsulas vazias de café (das máquinas Nespresso, Pingo Doce, Delta,…), devidamente esvaziadas poderão dar um abat-jour engraçado para pôr na sala (cor: ao natural, ou pintado, ou forrado com papel pintado, ou …); a parte mais difícil é mesmo o pé – pôr uma palhinha grossa (tipo as do McDonald’s) é, em teoria, uma ideia fácil, mas conseguir que tudo se equilibre lá é que já me parece uma aventura muito mais radical. Se a madeira do teto da sala for amiga da fita-cola, também pode ser equacionada a alternativa “candeeiro pendurado no teto” (de um buraquinho pequenino no centro do abat-jour sai um cordão de crochet que é fixo ao teto com a amiga fita-cola).
Se alguma das divisões da casa precisar de um pouco mais de privacidade (se houver um WC, por exemplo – um frasco arredondado de verniz das unhas pode sofrer algumas tentativas de adaptação a sanita…), uma cortina que sirva de porta de correr ou de biombo pode resolver o assunto – é pôr duas tachas (ou dois pioneses, ou …) na parte exterior da madeira (como se fossem pregos) e uni-las com um fio, que pode até ser escondido por uma palhinha das mais pequeninas (tipo as do leite achocolatado); estaria assim feito um varão, mas isso implicaria que a bainha a ser feita no tecido que desse em cortina (bainha dentro da qual correria o varão) fosse mais larga ou então que a cortina fosse feita com argolas de pano (para o varão ficar mais à mostra), mas isso já me parece ser demasiado trabalhoso.

(Continua já a seguir)
Sem imagem de perfil

De Sandra a 19.11.2012 às 17:20

(e agora o resto que não coube no comentário anterior – é no que dá mandar a concisão às urtigas…)

Se aí por casa forem fãs da pizza entregue ao domicílio (ou comprada na pizzaria para levar), podem aparecer mais mesas (que remeteriam os carrinhos de linhas para bancos altos, tipo bancos de bar) – para evitar que a tampa da caixa toque na pizza (e arranque a cobertura que lá cole), a Telepizza e a Pizza Hut costumam pôr nas pizzas umas peças de plástico redondas com três pés que eu batizei, desde o primeiro dia que as vi, de “mesinhas da pizzaria para as bonecas”.

E já chega. Se eu vier a lembrar-me de mais decorações, acrescento-as depois, num outro comentário.

Boas continuações!

;-)

Sem imagem de perfil

De Sandra a 19.11.2012 às 18:01

Não querendo ser chata e ocupar isto tudo, o que acontece é que me lembrei de outra coisa e aí vai:
Alternativa para a cama: três caixas de fósforos (daqueles maiorzitos, aí com uns 5 ou 6 cm de comprimento) fita-coladas umas às outras, com a parte da lixa (onde se raspa o fósforo) de uma caixa a encostar à mesma parte da caixa seguinte. Depois virá o tratamento de decoração (pintar, pôr colcha, etc.). As vantagens que isto tem em relação à primeira ideia?
1- é mais fácil arranjar uma série de caixas de fósforos e desocupá-las (sobretrudo agora com o tempo frio) do que a uma caixa de um baralho de cartas (elas depois ficariam soltas - isso é o primeiro, o segundo e também o terceiro passo para se perder uma carta e ficar o baralho arruinado);
2 - se três ciaxas não forem o tamanho mais adequado, é fácil acrescentar / suprimir uma;
3 - permite a criação fácil de mesinhas de cabeceira: uma mesinha de cabeceira pode ser duas caixas de fósforos (daqueles mais pequeninos, que são muitas vezes de cera) empilhadas de modo a que as "duas gavetas" até dêem para abrir e tudo! Decoração a dar com o resto...

Que venham mais ideias (mais cabeças pensam mais) e votos de bom trabbalho!
Bjokas!
Imagem de perfil

De t2para4 a 22.11.2012 às 23:21

Sandra!! Que ideias fantabulásticas!!! Não me leves a mal mas há algumas coisas que não poderei pôr em prática (pelo menos para já) devido ao comportamento que as piolhas ainda manifestam. A minha ideia é ir decorando uma divisão de cada vez, com materiais resistentes (madeiras ou plásticos - mas adorei a ideia dos feltros e restos de tecidos!) para lhes ir dando tempo de darem valor às coisas, irmos puxando pela imaginação :) Ainda não podemos ter pecinhas muito pequenas - tipo chavenas ou afins - mas a mobília é uma boa ideia.
Mas, mais uma vez, obrigada!! 
Imagem de perfil

De BECAS a 23.11.2012 às 17:38

Adorei, td o maximo tal como não seria de esperar outra coisa de voces, bjs
Sem imagem de perfil

De jaona a 26.11.2012 às 15:51

Adorei a casa!!!! beijos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens