Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




2012 em jeitos de balanço

por t2para4, em 29.12.12

Foi tudo menos um ano que possa dizer "é pá, foi fácil e correu bem". Nopes, nada disso. Foi um ano muito complicado em termos pessoais, familaires e profissionais. Foi um ano que me obrigou a tomar decisões pesando muito bem o que queria fazer num futuro próximo.

 

2012 começou mal mas, até aí, já 2011 tinha começado mal (como marido de cama com uma infeção pulmonar) e não melhorou nada no 1º trimestre, bem pelo contrário: passámos quase um mês a cuidar e a tratar de febres e acabei com uma das piolhas no hospital a fazer pufs de ventilan de urgência, noites perdidas e horas de zombificação total, bocas foleiras no emprego sobre a minha dedicação à família (cá para mim, dor de corno dessa gente), orimeiro internamento de uma das piolhas, cabeças partidas e despesas absurdas para com o trabalho que exercia na altura, sentimentos de depressão a puxarem-me cada vez mais para o fundo. E eis que surge março: consulta de autismo e retirada da medicação, vitória sobre o autismo. Vitória bem amarga e ilusória porque as piolhas passaram do 80 para o 8 num ápice e foram 2 meses de pura angústia. Em maio regressamos à risperidona e as auto/hetero-agressões desaparecem.

Tal como o uso de fraldas à noite e o aceitar do lavar os dentes. Num instante e sem complicações. Absurdamente fácil e bem feito. Boa piolhas!

 

Para atenuar os desgostos e as sensações de impossibilidade e as revoltas, as ondas de decoração e mudança ocorreram muitas muitas vezes em casa e no blog ao longo do ano. Frequentaram-se e voluntariou-se trabalho para ações de formação e celebração de datas especiais como o dia internacional da pessoa com deficiência, prepararam-se lembranças de aniversário e discutiram-se questões de segurança em relação às piolhas cá em casa, assistiu-se ao lançamento de um disco e de um livro de amigos que são verdadeiramente amigos, manteve-se a organização mensal de ementas.

Passámos pelo horror e pela profunda decepção de saídas que correram para lá de mal, por um verão terrível por termos que nos aturar todos uns aos outros horas demais/dias demais mas, em compensação, conhecemos o prazer de continuarmos a fazer atividades conjuntas: explorar a natureza, descobrir a história local, delirar com as idas à piscina, cantar em inglês, pintar com todo o tipo de materiais, ler e ouvir muitas muitas histórias, criar uma cápsula do tempo com as nossas coisas atuais para abrir só em 2025.

Recusei seguir a carneirada e ser humilhada com um contrato de trabalho que me prejudicaria dia após dia e me levaria todos os euros que ganhasse e fiquei desempregada. Destino ou coincidência, o Estado achou-me mal empregada para estar em casa e põe-me numa ocupação temporária na escola para onde irão as piolhas jé em setembro de 2013. Os seus altos e baixos mostram-nos que, todos os dias, um dia de cada vez, é uma luta e que, às vezes, vemos os resultados e outras vezes não. Tivemos quebras (paredes pintadas depois de anos de ausências, estereotipias que regressaram, hiperatividade hiperativa) mas muitas etapas alcançadas (regressão de estereotipias, evolução na comunicação, melhoria da linguagem e comunicação aumentatita e afetiva, consciência fonológia mais acentuada, leitura, escrita. Continuámos a ter presentes as pessoas que nos são importantes.

Adiámos - mais uma vez - viagens e estadias em locais que desejamos visitar por consciência de que ainda é cedo para as piolhas mas ficámos a saber que nunca é cedo demais para crises de pré-pré-pré-adolescência. 

Rimos e chorámos. Evoluímos e crescemos uns com os outros no t2.

Ouvimos músicas que não nos saíram da cabeça durante meses e que cantamos aos gritos no carro: Princess of China, Iris, Somebody I used to know, Paradise, One more night, We are young

Fomos, apesar de tudo, felizes. 

 

 

Que 2013 seja um ano mais calmo e nunca pior que o anterior.

 

Para todos, um exc0elente 2013 são os votos do t2.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:28

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Rainbow Mum a 02.01.2013 às 11:40


Um Bom Ano para vocês e um beijinho especial para as piolhas! Que continuem a evoluir cada vez mais!
Sem imagem de perfil

De Sara a 03.01.2013 às 23:26

Quero também desejar-lhe um bom ano e muita força!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.01.2013 às 17:01

Um excelente ano para ti e para a tua família! Esta passagem de ano para mim foi diferente, porque estou neste momento em processo de separação do meu marido.
Espero que consigas / consigam ter a força para continuar a acreditar que tudo é possível.

Um beijinho
Joana
Imagem de perfil

De BECAS a 08.01.2013 às 11:53

Agora nao tenho tempo p ler tudo mas desejo-vos um bom ano e td de bom.
Beijinho grande e as vossas melhoras

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens