Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Desfralde

por t2para4, em 28.04.11

Avizinham-se dias complicados e... molhados.

 

O meu Verão passado foi um dos piores (senão mesmo o pior) da minha vida: entre diagnóstico de desvio do espectro autista e tentativas (goradas, falhadas, frustradas e sei lá mais o quê acabado em "-adas") de desfralde, o Verão passou-se entre ansiedade, recompensas ou castigos, muitas mas muitas cuecas sujas e molhadas, bacios espalhados pela casa e toneladas de toalhetes prontos a limpar chichi de carpetes... Foi um Verão extremamente extenuante, muito muito frustrante e as fraldas ficaram. Por mais um ano.

 

Jurei para mim mesma que nunca mais iria voltar a tentar desfraldar as piolhas: tentei quando tinham 2 anos, durante um mês; tentei quando tinham 3 anos, desde Maio até Setembro. Resultados: pilhas de nervos para nós três, esfincteres nada controlados e mantinham-se as fraldas. Valia mais ter estado quieta e ter aproveitado o Verão como deve ser. Anyway, prometi que só voltaria a tentar tirar-lhes as fraldas se elas mo pedissem ou dissessem que não queriam usar fraldas. E fiz as minhas pesquisas no mercado: o tamanho 6 dá até 25 kg e depois disso há as fralda spara incontinentes. Não iria massacrar-nos mais nem que isso implicasse usar fraldas até aos 18 anos de idade!

A equipa do PIIP já tentou abordar a questão do desfralde comigo e quer que este seja um dos objectivos a ser alterado no nosso projescto familiar já em Maio mas eu fui sincera e disse-lhes que tinha medo do que poderia vir a acontecer. Afiançaram-me que não precisava de fazer disso o meu cavalo de batalha mas não estou a ver como...

 

A surpresa chegou uma semana antes da Páscoa: uma das piolhas começou a tirar (bem, a rasgar) a fralda e a despir-se (não por esta ordem) para ir fazer chichi à sanita. E fazia mesmo! A irmã começou a imitá-la. Agora tem sido um estragar absurdo de fraldas porque elas rasgam-nas. Como não controlam ainda muito bem os esfincteres, ainda usam a fralda e, muitas vezes, quando a tiram ainda tem chichi, mesmo que pouca quantidade. Usar fralda-cueca, na minha opinião, vai baralhá-las pois sentem-se seguras por ser fralda mas não é como umas cuecas e tenho medo que passem a encarar as cuecas como uma fralda de aspecto diferente.

Decidimos, entre auxiliares, educadora e eu, deixar andar e ver até onde as piolhas estão  mesmo motivadas por elas próprias para largar as fraldas. Hoje a educadora já  me disse que está para breve.

 

Cá em casa é um caos: despem-se, arrancam a fralda sem se preocuparem se tem ou não cocó, sentam-se na sanita e ou ficam lá imenso tempo ou saiem quando ainda estão a fazer chichi só para carregar logo no autoclismo, ainda não têm a noção do que é aguentar o chichi até chegar à sanita e fazem chichi pelas pernas abaixo... E podia continuar... Claro que nunca me esqueço de elogiar e reforçar positivamente quando fazem chichi na sanita - isso é importante e elas ficam todas orgulhosas.

 

Uma coisa que sempre me intrigou foi estarem perfeitamente controladas na piscina (quer a municipal quer a de plástico que está em casa da avó): raramente lhes coloquei fraldas de banho porque não fazem chichi na água. Nunca aconteceu. Hoje, antes mesmo de tirarmos os crocs e aguardarmos a nossa entrada na piscina, uma delas tinha a perna molhada... Descuidou-se. Felizmente não foi na água. Isto faz-me sentir que estamos, outra vez, a regredir e eu pura e simplesmente não faço a mínima ideia de como evitar isto. Por muito que leia ou que pesquise ou que experimente, não sei o que fazer porque nada parece resultar. E parece que vamos, outra vez, a caminho de mais um Verão horrível por causa da porcaria das fraldas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

Comentários

por t2para4, em 28.04.11

A quem tem diexado o seu comentário neste blog, agradeço.

Ultimamente, tenho tido algumas dificuldades na gestão dos comentários e não me tem sido fácil saber o que se passa porque ora aparecem or não aparecem; às vezes, tenho a indicação de que há comentários novos mas depois não os encontro. Por isso, não levem a mal se o que postaram aqui não aparece ou aparece mal. Ando a ver o que se passa.

 

Entretanto, com ou sem comentários, estão sempre à vontade para qualquer contacto através do mail t2para4@sapo.pt. E, claro, sempre muito bem-vindos aqui no blog!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:35

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens