Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Autista vs não autista

por t2para4, em 21.04.12
  



As piolhas não conseguem distinguir se um colega está a ser cruel ou não. 

As piolhas não percebem quando uma criança da mesma idade, mais nova ou mais velha, não está interessada em estar com elas.

As piolhas não compreendem por que outras crianças não querem brincar com elas.

As piolhas não se apercebem da agressividade de outras crianças.

As piolhas não notam nem sabem ler os sinais sociais que outras crianças enviam e, por isso, podem parecer frias e distantes e ter conversas ao nível de um deficiente mental ou de um génio, dependendo da situção, ou insistir para brincar mesmo que outra recuse.

As piolhas não estão ao mesmo nível de brincadeira de outras crianças: estão mais avançadas numas coisas e mais atrás noutras.


As piolhas são autistas e isso não está escrito na testa.

As piolhas são autistas e isso não se vê.

As piolhas são autistas e isso não se pega.

As piolhas são autistas e isso não lhes causa dor como uma constipação.


Já a estupidez das pessoas, a ignorância propositada das pessoas e a má educação magoam mais que uma facada. 



As piolhas têm uma coleguinha na psicina que é cu de mimo que não se pode. A miúda, com cerca de 4 ou 5 anos, faz da mãe gato sapato e a mãe ainda acha piada às larachas da petiz. A miúda é capz de entrar no balneário a conversar com a mãe, dominando a conversa e falando do que fez durante o dia, contradizendo as queixas da educadora frente à mãe e, se ouve alguém conversar ou repreender (que é o que eu falo quando as piolhas esticam a corda), parte logo para o ataque "que meninas mais mal-educadas!". Já o disse várias vezes, isto faz-me ferver o sangue mas não é minha filha, logo a mãe que não se demita do seu papel de mãe e deixe de se armar em melhor amiga da filha pois daqui a mais uns anos ninguém lhe põe mão. Adiante.

A miúda domina. Ponto. É esperta e perspicaz. E não sabe partilhar. As minhas não percebem estas pequenas coisas e não entendem a agressividade na fala e até nos gestos desta criança quando se aproximam. E insistem e insistem e querem estar com ela e ela não. Se não fosse a presença da professora, a miúda teria agredido uma das minhas piolhas (nada do outro mundo, talvez um empurrão ou um murro no braço). 

Eu assiti a tudo isto a 5 metros de distância sem interferir. Quero proteger as piolhas mas não as quero proteger a ponto de não fazerem nada sozinhas. Quero ajudá-las mas não sei como lhes ensinar a perceber o que lhes é tão dificil perceber. Será mais fácil começar pelos outros? Não sei. 

Tenho pena daquela menina porque sei que vai ser sempre a "cheerleader" lá do sítio e não acho isso positivo. Tenho pena das piolhas porque não sei quantas cabeçadas levarão até que percebam que as pessoas são todas diferentes, mesmo as crianças. E nem me vou pôr a divagar sobre como seria com um adulto...

O autismo é f%dido. Ponto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:03

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens