Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




32 and counting

por t2para4, em 01.10.12

 

 

 

Já cá cantam 32 anos.

E neste percurso de vida alcancei coisas impensáveis, desisti de outras e outras nunca se realizarão. Apesar de, este ano, não me sentir propriamente festiva, acho que o balanço é bastante positivo até ao momento.

 

Tive uma infância com uma família que me ama - apesar das dificuldades passadas.

Tive um percurso académico imaculado e certinho, com a possibilidade da oferta de uma bolsa pela Calouste Gulbenkian.

Entrei para a universidade para um curso de que até gostei - apesar das amarguras - e terminei dentro do tempo previsto. (esta e a anterior não me serviram de muito)

Consegui estágio e trabalho em todos os anos seguintes até ao momento.

Estive desempregada 3 vezes (já a contar com esta) sempre por pouco tempo porque não tenho feitio para estar parada em casa e nunca parei de procurar trabalho.

Trabalhei muito, antes e depois de ser mãe.

Não consegui estabilidade profissional.

Mudei de ideias em relação à profissão e pondero outras áreas.

Superei uma depressão nervosa.

Conheci o meu primeiro namorado que se tornou no meu marido e pai das minhas filhas.

Casei duas vezes com o mesmo marido, no mesmo ano, em cerimónias independentes :)

Fui mãe, em dose dupla, de uma só vez.

Assisti ao nascimento das minhas filhas.

Formei família.

Comprei casa e carro. E outras coisas mais.

Vendi carros e outras coisas mais.

Dei muitas coisas. Deitei outras fora.

Aprendi muitas coisas novas e esqueci outras.

Descobri que até sei cozinhar e inventar umas coisas novas e decorativas em casa.

Senti-me feliz, triste, deprimida, angustiada, embevecida, ternurenta, emocionada, chorosa, radiante, abençoada, enraivecida, abandonada, fortalecida, aliviada, infeliz, reerguida, completa, com e sem fé, voluntariosa, amada, respeitada, desrespeitada, grata, feliz de novo.

Conheci o autismo.

Fui encontrar forças que não sabia ter e não sabia onde as encontrar.

Conheci pessoas importantes que ficarão para a vida, pessoas inúteis, pessoas boas e pessoas más.

Vi partir e nascer pessoas queridas.

Desisti de voltar a ser mãe.

Aprendi a destralhar objetos, emoções e pessoas.

Descobri que posso fazer mais pela minha família do que pensava e outros pensavam.

Viajei. E desisti (temporariamente de viajar).

Poderia continuar a enumerar mas, para já, chega. Tenho uma família que amo e que me ama. Incondicionalmente.

 

Parabéns a mim que sou trintona.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens