Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bora lá brincar

por t2para4, em 25.10.12

Se eu imaginava que as piolhas alguma vez fossem capaz de brincar assim? Desejava ardentemente que isso acontecesse!! Porque elas não sabiam brincar... Atiravam as coisas ao ar, desarrumavam, davam outras funções aos brinquedos que só faziam sentido nas suas cabeças... Agora já se notam brincadeiras com objetivos, com imitação, com jogo simbólico enriquecido. 

No outro dia, tivemos um piquenique. Acabei eu a arrumar tudo mas esta fase também já passou. Custou mas agora já são capazes de arrumar as coisitas delas e de não sairmos de casa sem as camas feitas e os brinquedos arrumados. Menos mal!

 

 

 

Recentemente, por influência da Barbie, houve uma encenação com direito a "en garde"! O trabalhão que a piolha teve para arranjar o galho indicado, tirar-lhe as folhas todas e alisá-lo até ele servir como espada. Foi fantástico.

 

 

 

Já conseguimos sentarmo-nos à mesa e trabalhar em livros de atividades e fazer grafismos e pôr o cérebro a ativar zonas importantes :) E o pai já consegue estar com elas nesses momentos, sem que haja focos de atenção dispersos. Acho que a grande evolução está nesta área.

 

 

 

As bonecas Barbie têm sido as eleitas das brincadeiras. Já contam com um total de 9 e já pediram para chegar ao 11 com mais 2 mas só para o Natal (comprámos-lhes umas bailarinas articuladas numa liquidação e elas vão delirar pois são as barbies do filme "as 12 princesas bailarinas") - olha o raciocínio matemático eh eh eh - mas acabam nuas pelas divisões da casa... E assim andam imenso tempo. Acho que é mal comum pois há muitas mães de meninas a queixarem-se do  mesmo. O que eu acho? Acho ótimo! Venham daí umas barbies nuas, então!

 

 

 

Mas também se passeiam bonecas porque as piolhas já estão demasiado grandes e pesadas para serem elas a estar naquele carrinho...

 

 

 

Mas... E há sempre aquele "mas" que eu tento desvalorizar mas que noto que existe... Não faço nada para as impedir e encaro aquelas "brincadeiras" como uma necessidade de regulação e como algo que as faz sentir bem, apesar de não ser "normal"... O mais notório é o desejo de continuar a fzer torres com os mais variados materiais (aqui foram as pedras do jardim dos meus pais... A foto é de janeiro mas este verão fizeram o mesmo) e o andar à volta no baloiço: sentam-se, à vez, no baloiço e ajudam-se uma à outra, enrolam o cordel até estar bem apertadinho e soltam. Ficam ali a andar à roda em vez de estarem a baloiçar... E saem na boa, sem estarem tontas nem nada! É desviante mas não lhes digo nada e deixo-as estar à vontade.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:36

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens