Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Novidades no t2

por t2para4, em 08.11.12

 

Ora, quando a cabeça não anda bem, mudam-se as coisas em casa ou no blog. Depois de muitos testes, lá atinei com o que queria: mudei o fundo (não mexo mais, está perfeito e como eu gosto), adequei o avatar (estava a fartar-me do feltro :) e decidi adaptar este desenho de meninas gémeas com um chapéu de chuva com as cores do logo do autismo. As piolhas ajudaram na escolha e na pintura), fiz um favicon para a barra do separador (é um chapéu de chuva igual ao do avatar), inventei uma montagem para o cabeçalho e o marido tratou do facebook e do endereço .com

 

As piolhas reconhecem o t2para4 como um espaço delas, gostam de colaborar na escolha de imagens, fotos e desenhos e, cada vez mais, noto que o blog é, além de um espaço de partilha, um espaço familiar onde todos temos uma contribuição a dar. 

 

Entretanto, tornei-me cronista :) Todas as semanas, é publicada uma crónica do t2para4 no site www.maisopiniao.com Para já ainda falo do que foi a nossa vida com o autismo presente e alguns dos textos são posts adaptados, outros são novos. O mais recente é um texto novo que nunca publiquei aqui (fá-lo-ei quando puder). 

Não pretendo protagonismos. Pretendo sim, sensibilizar, chegar mais longe, mostrar o outro lado de uma PEA, que uma PEA é autismo numa variante diferente, que há famílias como a nossa espalhadas por aí, que todos temos dias bons e dias negros, que precisamos de compreensão. Depois de ter levado uma nega por parte da minha autarquia em relação a atividades para o dia de consciencialização do autismo, se eu puder chegar às pessoas de outro modo, não hesitarei. Acho que as piolhas e outros piolhos como elas merecem uma sociedade que faça um mínimo de esforço para tentar entender o que eles sentem e como sentem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:20

Estamos bem

por t2para4, em 08.11.12

A todos os que deixaram os seus votos de melhoras e palavras de apoio, o nosso obrigada.

A piolha passou bem as duas noites pós-queda e andou muito bem disposta todo o dia de ontem. Andou tão bem que até deu para ir comigo tratar da papelada burocrática relativa a faltas (sim, mesmo num programa ocupacional é preciso apresentar atestados...) e ir à farmácia comprar pensos antialérgicos.

 

O buraco causado pelo bico do degrau fechou, deixou de sangrar e deitar secreções, não há sinal de infeção, nem inchaços, nem dores; a cicatrização parece decorrer normalmente e a piolha não tem queixas. Arrisquei e deixei-a ir ao infantário hoje, já que, ontem depois da novidade de sair com a mãe, ainda nem eram 10h30 e ela já pedia o lanche para poderem ser horas d eir buscar a irmã... Já telefonei e até agora está tudo bem.

 

A minha reação é o habitual azedume. Parece que há por aí um deus pérfido qualquer que nos põe constantemente à prova, pelos mais variados motivos.... Já sei que é normal as crianças cairem e se magoarem e apanharem viroses e afins mas, a minna sensação, é que a frequência desses achaques no t2 é maior do que o desejável...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens