Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Versão feminina de Pepê le Pew

por t2para4, em 27.01.14

Estão a ver aquela personagem de desenhos animados da Warner Bros, muito romântica, ultra defensor de l'amour et de ses belles, uma douninhá fêdourrentá

Este:

 

 

Cá em casa, neste momento, tenho duas douninhás fêdourrentás, pobres piolhas... É só metano nesta sala... As pobres estão mesmo com uma virose e a coisa não está fácil a nível de intestinos. Portanto, amanhã, faz de conta que ainda é fim de semana, pelo menos para elas... É dar-lhes tempo para recuperarem e pronto.

O que fazemos, então?

- muito descanso

- dieta alimentar (cozidos, grelhados, nada de legumes, muita cenoura cozida, arroz, nada de gorduras, leite de soja, bananas)

- muita água, muita água, muita água

- umas boas sestas

- brincadeira

- fichas em atraso

 

A mãe não tem direito a descanso e o pai também não... Oh la la, l'amour (pour les enfants, bien sûr...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Antes de mais, este não é um post patrocinado. 

Há uns valentes meses, ainda as piolhas tinham 5 anos, o nosso terapeuta da fala usou um jogo destes na sessão de terapia. O objetivo é criar histórias, com ou sem nexo, com as diversas imagens que os dados têm, ao serem lançados aleatoriamente. Na altura, elas não perceberam bem a lógica daquilo mas agora a coisa já corre de outra maneira.

Por mero acaso, encontrei uma loja no Facebook que tinha este conjunto de dados à venda e, após contactar a vendedora, que foi muito simpática comigo, decidi-me a comprar o jogo. Não fica barato, digo já, pelo menos para a minha carteira, mas vale a pena. Custa 16,40 € já com portes incluídos.

Fui buscá-lo hoje ao correio e, eu e a piolha que ficou em casa por estar com uma virose, ficámos deliciadas com o embrulho. Sim, porque os olhso também comem e eu gostei muito da originalidade. 

 

 

 

Eu e a piolha começámos logo a jogar e a inventar histórias. É muito importante criar histórias que tenham nexo mas, acima de tudo, criar absurdos e ironias, mostrar que podemos dizer uma coisa com um sentido diferente do que aquele que indica, que podemos inventar algo a partir de qualquer coisa. A maioria dos indivíduos com autismo são muito literais e têm imensa dificuldade em compreender o sarcasmo, a ironia, os duplos sentidos, os provérbios, etc. Já que, na unidade de autismo da escola, as piolhas trabalham os absurdos, de vez em quando, nada como reforçar com a nossa criação apatetada de histórias, ditadas pelos dados. E surgem coisas giríssimas!!

Há pouco, surgiu a imagem de uma carta, de um cadeado, do mundo e mais não sei o quê. A piolha disse logo que os correios estavam fechados no mundo inteiro! Isto é fantástico porque partiu do particular para o geral (carta - correios), associou o cadeado ao sentido "fechado" e generalizou absurdamente!

 

Quando a mana chegou a casa, foi uma festa e lá se ouviam os dados pela mesa e mais umas quantas invenções. 

 

 

 

Legendagem: "A lua estava trancada à chave e magoou-se com a seta, fez um doi-doi..." eh eh eh

 

Vale a pena experimentar com os miúdos fazer algo do género. Boas histórias!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:24

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens