Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




E quando não se tem tempo para pensar, não se pensa, age-se.

Hoje foi um daqueles dias em que, se eu usasse farda, optaria por uma única, à Fidel Castro, tipo multiusos, porque, fiz de tudo... Um sabado em grande.

Dormi até tarde (se considerarmos que 10h é tarde e eu estive sempre a ouvir as piolhas desde as 7h30) mas mal acordei vesti logo mil profissões/atividades:

 

- Foi dia servir de cozinheira, emprefada doméstica sem descanso e limpar a casa de alto a baixo (só faltou lavar paredes), virar colchões, sacudir cobertores e edredons, aspirar e limpar pós invisíveis e pêlos que não existem, lavar chão que tem muito pouco de sujo. Estranho? Já perceberão porquê.

- Foi dia de servir de veterinária e aplicar levuras a gatos e de limpar mais umas diarreias em locais distantes da caixa de areia, de colocar bepanthene em rabos de gato (sim, e o pobre nem usa papel higiénico... Tinha o rabo em obras, coitadito), limpar areias, lavar cama/manta/tapete. E de dar banho com champô seco aos dois, que, como aquilo é em spray, acharam que estavam a ser castigados sabe-se lá porquê. Depois sairam muitas doses de mimo e muita brincadeira com as piolhas.

- Foi dia de servir de motorista apressado e ir à farmácia de serviço e implorar para que me vendessem um broncodilatador sem receita médica, até sugeri assinar um termo de responsabilidade. Tive muita sorte e consegui. Para que raio queria eu um broncodilatador? Para parar uma crise de asma do marido. Aquela mesma asma que ele já não tinha há 10 anos, aquela asma que ele nunca teve nesta casa, aquela asma que ele nunca teve quando tivemos 2 gatos durante 2 anos, aquela asma que ele nunca teve quando viveu uma golden retriever cá em casa... Não sei se foi da humidade do Inverno (já tratámos de tudo isso em casa), se do excesso de pólens, se os gatinhos traziam algo com eles. Espero quue não seja alérgico aos gatinhos senão tereos um sério problema para explicar às piolhas...

- Foi dia de servir de enfermeira, perante este cenário, e de controlar tensão arterial e ritmo cardíaco antes e depois da medicação.

- Foi dia de ser artista e inventar pulseiras de elásticos, a partir do youtube, só para ver sorrisos nas caras das piolhas.

- Foi dia de ser terapeuta ocupacional e treinar, através da construção das tais pulseiras, a motricidade fina porque todos nós em casa temos pulseiras para usar.

- Foi dia de ser secretária e telefonar a quem fazia anos, enviar emails e saber de uma amiga recentemente submetida a uma cirurgia.

- Foi dia de ser tanto e fazer tanto e trabalhar tanto que não houve tempo para pensar em mais  nada, só no que tinha em mãos.

E chega. Porque, além de psicologica e mentalmente cansada, hoje estou fisicamente estoirada. E preocupada, desejando que  raio das crises de asma não regressem/não piorem e os gatinhos não tenham relação com isso...

 

E dava-me jeito ser um polvo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35

Macramé borrachoso das cartiers do t2

por t2para4, em 17.05.14

Parafraseando o Ricardo Araújo Pereira , nas suas "Míxórdias de Temáticas".

 

Que ingredientes usámos para fazer umas pulseiras giríssimas, bem mais giras que as das colegas:

- uma mola da roupa

- borrachinhas (um pacote de 300 elásticos, 12 molas e um agulha de crochet em plástico custou 0,70 €)

- um vídeo no youtube (usei este mas há centenas)

- piolhas no meu colo

 

E lá começámos nós. Pouco a pouco, seguindo as instruções do vídeo e experimentando nós. Simples.

 

 

 

E o entusiasmo e a facilidade de criar pulseirinhas é tão grande que todos nós fomos contemplados. O pai ficou todo impressionado com o cuidado delas em verificar, ao longo do processo, se faltavam muitos elásticos até servir. E um treino fantástico da motricidade fina e da imaginação, pois para o pai não usaram elasticos roxos nem rosa, e não colocavam dois elásticos de cores repetidas seguidos.

 

 

 E pronto, miúdas felizes que já sabem como fazer o mesmo que os colegas, embora, ontem, uma menina que nada tem a ver com elas, apenas uma conhecida do jardim onde brincam, tivesse tentado ensinar outra técnica. Menos mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:31

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens