Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Momento coreográfico de hoje

por t2para4, em 28.12.14

As piolhas passaram parte da tarde a fazer danças quase acrobáticas, com saltos e pinotes e piruetas e rodas e tentativas de espargata e mais saltos e pinotes.

À hora do banho, denoto que, a par da coreografia, há também música. E fez-se luz. As piolhas passaram a tarde a dançar, ao som mental da canção "Chandelier", que, na ótica de uma delas "é uma dança tonta" mas aparentemente divertida, cuja música fica no ouvido.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:58

Modo reflexão ativado

por t2para4, em 26.12.14

 Estamos naquela semana crítica, aquela que se aproxima rapidamente do final do ano e que quase nos impele (obriga mesmo!) a criar resoluções que são tão firmes como castelos de vento.

2014 foi um ano horrível. Se eu pudesse, apagaria metade do ano, de forma irreversível. Na outra metade, talvez usasse aí uns 10% de photoshop. Que ano...

 

Há já algum tempo que pondero numa série de situações; algumas das minhas resoluções/objetivos até já começaram a ser postos em prática. No entanto, há coisas que, face ao vivenciado este ano, terão que mudar de forma inequívoca em 2015. Terei, como se lê nas milhentes quotes espalhadas por esse mundo cibernético, 365 dias para reescrever um novo ano nas suas respetivas páginas em branco. E tenciono fazê-lo. Às vezes devagar, outras depressa; por vezes em segredo, outras em público; às vezes sozinha, outras em família ou grupo. Either way, muito terá que ser alterado, muito terá que ser mantido, tudo terá que ser motivo de reflexão (pensativa ou emotiva, mas de reflexão).

 

E desse lado também se reflete? O que se espera para 2015?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:52

Feliz Natal, by piolhas

por t2para4, em 20.12.14

“Desejamos a todos um Feliz Natal com amor, paz, saúde e algumas prendas”

 

Votos sinceros da família t2para4, nas palavras sábias das piolhas.

 

postal natal 14-15.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:02

Postal de Natal 2014

por t2para4, em 15.12.14

Como já vem sendo hábito, todos os anos,desde que as piolhas nasceram que fazemos os nossos postais de boas festas (exemplos aqui e aqui). Ainda que quem os receba, impressos ou por email, nem o note, a verdade é que há muito mais por trás dos desenhos e purpurinas.

Inicialmente, trabalhávamos a motricidade fina, a imaginação e o jogo simbólico, os diálogos do género pergunta/resposta com tempos, a atenção conjunta. As piolhas não se apercebiam que estavam a trabalhar e, convenhamos que, usar purpurinas ajudava imenso a manter o interesse na tarefa.

Este ano, a elaboração do postal coincidiu com o ataque de varicela a uma das piolhas (até a Angelina Jolie quis imitá-la) pelo que optei por utilizar outro tipo de materiais e concepção diferente.

Este ano trabalhámos a motricidade, atenção conjunta, troca de turnos à mesma mas de forma mais simplista.

 

Para o nosso postal precisamos de:

- sobras de cartolinas coloridas

- lápis de carvão

- cola

- cola glitter

 

Então , mãos à obra! Uma piolha fez e recortou a árvore de natal, a outra contornou e recortou os anjos e eu ajudei nos dizeres e uso do glitter (antes que se tornasse um abuso). Depois foi deixar secar et voilà, o nosso bonito e brilhante postal de boas festas. Está lindo na nossa lareira.

 

DSC_0332.JPG

 

DSC_0002.jpg

 

v.jpg

 

A nossa lareira no Natal fica assim, cheia!  Postais, meias, presépios, músicas de Natal. Faz tudo parte!

 

E quem nos lê, também enviam postais de boas festas? Compram ou fazem ou tiram da net? Partilhem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51

Update das maleitas infantis

por t2para4, em 13.12.14

A piolha tem sido uma valente, até o pai reconhece isso.

Os últimos dois dias foram os mais complicads, pois, além da febre, houve muitas bolhas novas a rebentar e muita muita comichão. Mas ela lá se manteve impenetrável, a dar leves palmadinhas nas zonas de comichão para evitar coçar. Tomou dois banhos tépidos e bezuntei-a de óleo d'Aveia umas três vezes. Melhorou. À noite, depois do segundo banho, cansada e martirizada, chorava enraivecida e resmungava "eu faço assim e assim e elas não passam, as comichões estão sempre cá, todos os dias" (ela é bocado drama queen, por isso, relevemos algum exagero).

 

Hoje temos piolha nova. Pouca coceira, mais sinais de melhoras, pequenas crostas a formarem-se e pomada cicalfate em ação.

Como ainda precisei de ir dar uma aula, as piolhas foram a casa da avó, todas contentes (principalmente a vítima da varicela) por sair de casa - ainda que seja para se enfiarem noutra. E conseguimos fazer muita coisa!

- vimos as luzes de Natal da localidade, pela janela do carro (não convém apanhar frio ainda!)

- elaborámos o nosso postal de "Boas Festas"

- pensámos numa ementa fixolé para o jantar (rolinhos de salsicha, rolinhos mistos e pasteis de delícias do mar + sopa de aletria)

- vimos filmes giríssimos na TV

- brincámos imenso!

 

O que segue é o básico: banho + óleo + cicalfate + lavar dentes + mimo + cama. E depois, depois o comando é todo meu, o sofá é todo meu, a almofada é toda minha, a manta é toda minha. E vou permitir-me a fazer stand-by aos neurónios durante um pouco.

 

Agora um pedido básico e simples: sra d. varicela, faça o favor de contagiar já a mana da piolhas. Posso deixar alguns bons argumentos: ainda tenho a escala de serviço ativa, queremos passar as festas sem preocupações com a febre nem banhos nem óleos nem coceiras, um intervalo de 10 a 15 dias é demasiado e coincide com o regresso às aulas o que implica depois mais TPC para ela fazer em casa e ficar sem a irmã - o que só tem a sua piada no 1º dia, depois começa a tornar-se confuso e complicado porque as piolhas sentem-se incompletas uma sem a outra e só falam em saudades todo o dia -, elas só falam em querer voltar para a escola e eu também preciso de descansar e ter noites sossegadas. Grata pela atenção.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:08

Um cartão de melhoras especial

por t2para4, em 10.12.14

Confirmado o diagnóstico de varicela - não era difícil lá chegar - e aviada a receita na farmácia mais próxima, foi altura de colocar o telemóvel ao serviço e avisar a escola (professora, tarefeira, unidade de autismo) de que a piolha irá ficar em casa, de férias antecipadas, e já não regressará às aulas.

À tarde, terminadas as aulas, vinha eu com a irmã - que ainda não parece estar afetada - e um dos seus colegas diz-me que fez um cartão de melhoras para a B.. Fquei com o coração todo derretido... Os colegas de turma, apesar de nem sempre conseguirem acompanhar os seus passos/imaginação/(des)venturas/etc, gostam delas de verdade e isso vê-se nestas pequenas coisas.

 

Chegadas a casa, quis ver o tal cartão. Que coisa mais deliciosa de se ver!!! O colega até se esforçou para desenhar poneis com as cutie marks (as cenas nos flancos) e tudo!! Atentou nos detalhes e cores, é indescritível!

E, no fim de tudo, ainda conseguiu arrancar gargalhadas genuinas porque disse - reproduzido pela piolha - que desenhou também a "Senhora da Liberdade".

 

DSC_0328.JPG

 Está ou não está fabuloso? Os amiguinhos das piolhas são como elas: especiais. Adoro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:45

Coming up next: varicela, de novo?!

por t2para4, em 09.12.14

Ora pensava eu, na minha ignorância clínica, que a varicela já era ou teria sido. Acontece que, uma das piolhas tem bolhas, borbulhas, erupções, congestionamento e corrimento nasal, mau-estar. E, dado que um coleguinha teve varicela, parece-me que o diagnóstico é simples de se tirar.

 

As borbulhas têm aparecido e evoluído muito rapidamente. Há pouco, depois de falar com uma amiga já mais experiente nestas lides, segui os seus conselhos e já dei banho, desinfetei as borbulhas já rebentadas com betadine, passei com creme hidratante no corpo para evitar que sequem e dêem ainda mais comichão, dei benuron e meti-a na cama.

 

To do list das próximas 24h:

 

- vigiar a piolha durante a noite (dorme comigo para eu controlar febres, respiração e coceira)

- ir ao médico, logo de mnhã, depois de deixar a irmã na escola, para confirmação de diagnóstico

- passar na farmácia, deixar lá uma fortuna e trazer a medicação necessária

- elaborar uma escala de serviço para evitar que eu falte ao trabalho e seja penalizada na baixa médica (que será miserável dado o salário miserável que tenho) e que fique com a piolha enquanto eu estou fora

- hidratar, hidratar, hidratar e evitar que se coce

 

Posto isto, vou ali e já volto. Avizinham-se duras e longas noites...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:01

Tagarelice #40

por t2para4, em 09.12.14

Lanche da manhã habitual das piolhas: iogurte líquido ou de colher (de aromas ou grego natural) + cereais ou pão ou fatia de bolo caseiro ou bolacha maria.

Hoje não havia iogurtes de aromas nem gregos (iogurtes, entenda-se) no frigorífico, a não ser uns de pedaços de que não gostam muito. Mas, disse-lhes para comerem a parte de cima e deixarem a fruta no fundo. Ensaquei e coloquei na lancheira.

Ao que soube, houve alta fita para comerem o raio dos iogurtes. E, a certa altura, dizia uma delas:

"Mas eu não quero iogurte grego de morango! Eu não gosto desta textura!"

 

Oi? Textura? Ora, gostei. Gente fina é outra coisa, reclama-se mas com classe, eheheheh

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:55

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens