Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Porque a merda do telemóvel passa a vida a tocar por causa das piolhas. Ou é da febre ou é da tosse ou é das birras ou é dos gritos ou é do cu ou é das calças...

E toca sempre que estou fora de casa, distante de casa. E geralmente nos poucos momentos que tenho para mim ou para estar com o marido. E, por regra, implica a minha presença. Tipo, já ou para ontem.

 

E agora pergunto eu: para que raio me serve a escola, a unidade de autismo da escola, todo o acompanhamento que é suposto elas terem, se acabo por trazer sempre uma ou outra para casa? Claro que não sou uma heartless bitch e recuso-me a deixar que as minhas filhas fiquem na escola aos gritos e berros sem fazer nada. A única opção é mesmo trazê-las, acalmá-las, deixá-las descansar e quando se sentem melhor, levá-las de volta à escola. Mas como faz a escola com as outras crianças? Como faria a escola se eu não fosse uma parva semi-desempregada? Como faria a escola se eu trabalhasse numa fábrica/por turnos/como segurnça/polícia/etc.?

 

Neste momento, está uma piolha no sofá, deitada e com um benuron no bucho (por via das dúvidas) porque se queixava de dor de cabeça/barriga. Em cima da mesinha de centro, aguardam-na as fichas de matemátca que era suposto ter feito de manhã...

 

Portato, resumindo, concluindo e baralhando:

- se as deixo na escola ou ignoro o telemóvel, shame on you, porque o teu papel de mãe está logo posto em causa;

- se as trago comigo, shame on you, porque és demasiado protetora e como fazem com os miúdos normais que se portam mal e que fariam se tu trabalhasses numa fábrica ou num continente.

 

Posto isto, só me apetece é pegar nas garotas, enfiá-las no carro, conduzir até ao pico da serra e gritar "Foda-se!!!!!!" para isto tudo. Se a escola é assim, cada vez me convenço mais que a escola não está NADA preparada para lidar com qualquer tipo de diferença. Pró diabo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:35

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens