Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tagarelice #46

por t2para4, em 08.09.15

Perguntava eu, na hora do banho, entre seca cabelos, enxuga pés e manda vestir:

"Como é que vocês se desenrascariam se eu tivesse mais filhos para limpar, hein?".

Sairam as mais surpreendentes respostas (e perguntas):

- Nós ajudamos-te mamã.

- Na tua gravidez, nós ficamos com quem?

- Podemos ter irmãos gémeos, uma menina e um menino, desta vez?

- Não, mana, dois meninos?

- E onde vamos buscar a cama, está uma em casa da avó.

- Eu dou uma gaveta para guardar os brinquedos deles.

 

 

STOP. Tipo, STOP!!! What????? De onde vem isto tudo?? Até aqui, deus nos livre de partilhar o que quer que fosse com mais alguém e agora até já fazem planos para irmãos que não (vão) existem!!! What????

Foi muito bom vê-las a conspirar e a ter a abstração suficiente para fazer planos mas, a modos, que assusta um bocadinho... Creio que este desejo por mais gente em casa - só pode ser isso!!! - se deve ao facto de uma amiga estar grávida e quase quase na reta final.

De resto, acho que têm uma boa imaginação para a ficção.

 

 

 

 

---------------- Estamos também no Facebook --------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37

Tagarelice #45

por t2para4, em 08.09.15

Eis-nos às compras. Fomos a dois supermercados diferentes e passaram-se episódios linguisticos caricatos nos dois.

 

Ponto 1:

 Passa a senhora da caixa a correr até à zona do pão para ver pesos e preços e diz a B., em tom irónico, à velha metediça: "Estás cá com uma pressa!". Fiquei verde, amarelas, roxa às pintas! E ela só dizia, com a maior naturalidade, "mas a senhora estava mesmo com pressa!"

Desconstruindo: usou bem a linguagem para se referir à ação mas usou ironia como ecolália... E isso já não está bem e foi-me complicado explicarq eu, naquela situação, não se aplica aquele comentário.

 

 

Ponto 2:

Estamos na caixa prioritária que estava quase vazia, só tinha 2 pessoas à frente: uma senhora já a ser atendida e um homem com uma barriga proeminente maior que a minha de gémeos em fim de tempo. E, explicava eu, às piolhas que, se aparecesse uma pessoa idosa, uma grávida ou alguém com carrinho de bebé ou bebés ao colo, teriamos que dar prioridade, ou seja, deixar passar à frente. E, sai-se a B. - de novo, estava inspirada naquele dia - com esta pérola divinal:

"Então,  mas este homem está grávido ou só inchado?!"

Juro que estou a rir que nem uma perdida a tentar acertar nas teclas do pc. Apesar de inconveniente, a verdade é que a miúda tinha razão. E, mais uma vez, lá lhe expliquei que, por vezes, mesmo que nos apeteça e seja verdade, há coisas que não devemos dizer em voz alta. Para a próxima, se ela não conseguir controlar estes ímpetos de honestidade e ecolália, o ideal é dizer-mos ao ouvido.

 

 

 

 

---------------- Estamos também no Facebook --------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:29

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens