Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




... ou não estou preparada para esta fase, a sério que não estou.

 

Basicamente, juntam-se os seguintes ingredientes:

- duas filhas, de preferência altas e a calçar um número grande

- necessidade de roupas e calçado para as novas estações do ano

- orçamento curto

- muitas dúvidas em relação ao que comprar

- oferta q.b./em demasia (escolher o que se adequa)

 

Como proceder:

Dirija-se à loja do costume para comprar roupas a preços acessíveis (que é como quem diz, Primark ou saldos e rebaixas da Zippy ou até lojas dos chineses). Vá caminhando enquanto pensa que já é altura de comprar umas sapatilhas de cano em tecido, que umas calças de ganga mais leves até calham bem, que já estão servidas de básicos, que t-shirts ainda têm muitas do ano anterior (e, pense rapidamente, "espero eu"...), que levará umas leggings (porque as do ano anterior, se calhar, estarão apertadas). Limite-se a ir andando, ir vendo e ir pensando.

Entretanto, enquanto compra uma ou outra peça para oferta, aperceba-se que já não sabe comprar roupa de bebé nem de criança. Sinta-se assoberbada com a oferta, fique com imensas dúvidas em relação aos tamanhos e ache tudo subitamente pequeno. Comece a caminhar para a secção de menina 8-13 anos e sinta o choque: as leggings são estupidamente largas - embora sirvam na altura - e com um padrão foleiro para alguém com quase 9 anos; as jeggings são girissimas mas que talvez fiquem um pouco bambas (afinal, elas são crescidas mas magritas, bolas, será que tenho que comecar a levá-las aos porvadores de roupa????); as calças são um pouco desenxabidas por causa do corte universal e não têm elásticos para ajustar na cinta; não há o tamanho das sapatilhas fantásticas que ela iriam adorar e que são todas teen mas há bués sapatinhos e sapatilhas todos floreados e com bolinhas e lacinhos e o diabo a sete que já não fica lá muito bem nelas...

Desista e dê uma volta. Sinta-se perdido. Concentre-se e regresse à secção de menina 8-13. Desista e avance, procure algo para si e pense que voltará à loja - aquela ou outra, noutro dia, com outra disposição e um victan no bucho. Fixe o olhar bum cabide de calças pretas giríssimas e procure o seu tamanho. Não encontre, obviamente (afinal, quem é que veste calças para 1,73 em Portugal???) mas prenda o olhar num par muitissimo curto que acha que está deslocado. Atente, com supresa, que até serviria às filhas e verifique se não está fora do lugar. Não, não está e está marcado 32. Sinta palpitações, suores e falta de ar. Pense de forma estúpida "eu ainda não estou preparada para deixar de comprar roupa por idades para passar a fazê-lo por números". Desista e pague o comprou para bebés e crianças e reze para que lhes sirva. Pense que, a continuar assim, ainda terá que pedir a alguém que a ensine a comprar roupa...

Depois do ar fresco do exterior da loja, faça o seguinte balanço:

- comprou 2 pares de calças de ganga leves e giras por uma quantia ridiculmente baixa numa boa loja que anseia que sirvam às filhas, pelo menos este verão.

- terá que comprar as ditas sapatilhas noutro lado

- agende, desde logo, uma nova vistoria às roupas no armário e gavetas, incluindo as de verão.

Já em casa, depois de ter conseguido encontrar as tais sapatilhas lindérrimas e a um excelente preço, numa loja logo ao virar da esquina, verifique se tudo serve. Respire de alívio ao verificar que as calças ficam muito bem e as sapatilhas estão fantásticas. E pense que terá mesmo que ser uma coisa de cada vez para não dar em doida e o ideal será deixar de fazer compras de roupa às cegas e levar as filhas consigo...

 

Depois de ter andado o dia todo a aperceber-se estupidamente (estou obcecada com esta palavra hoje) do crescimento das filhas - que, qualquer mãe se recusa a "ver" embora o deseje, naturalmente -, e a pensar maquinalmente "não estou preparada para isto", "o meu frigorifico está cheio de fotos delas tão diferentes e pequenas", "o meu deus, onde estão as minhas bebés" e a rir sozinha com a saída de uma amiga cujas filhas da mesma idade das minhas já têm acne a dizer "vocês nasceram prematuras, não têm ainda idade para estas coisas", tive que mudar o disco para "tenho MESMO que me preparar para isto", "elas estão quase da minha altura", "este fim de semana vou fazer uma seleção de fotos atuais para espalhar lá em casa", "as minhas meninas estão umas crescidas".

 

Bottom line: o tempo passa mesmo rápido, ir às compras desgasta-me, as piolhas têm um tipo de corpo que engana ao olhar para a roupa, adoro esta nova fase - embora esteja também a adaptar-me - mas sinto tantas saudades dos meus bebés, e até tenho medo de ir dar uma volta às roupas do verão passado...

 

 Via

 

 

 

 

---------------- Estamos também no Facebook --------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:55

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens