Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Têm sido tempos conturbados. Não tenho memória, nem enquanto aluna que fui nem enquanto docente que sou, de um ano letibo tão acótico como este, apesar de o dr. Crato dizer que está tudo dentro da normalidade. Ora, ou eu não sei consultar dicionários ou a nossa - e ado resto da sociedade - noção de realidade não são bem a mesma.

 

Entre algumas reuniões, encontros de trabalho, horas de pintura, frases que surgem, milhentas fotocópias, pedidos de assinaturas (e alguma sbocas bem parvas e ignorantes do género "não tenho ninguém deficiente na família, não preciso de assinar!" ou "nós somos neutros, nunca assinamos nada mas torcemos por vocês"), hipóteses de apresentação de queixas, etc, surgiu a ideia - logo aceite - de uma manifestação, pacífica, que incluísse as nossas crianças. Todas. Com e sem necessidades especiais.

 

Para quem não sabe, o CRI (Centro de Recursos para a Inclusão) apoia alunos com Necessidades Educativas Especiais de Carácter Permanente, com Programa Educativo Individual (homologado nos termos do Decreto-Lei nº 3/2008 de 7 de Janeiro - em anexo), cujas necessidades requerem respostas específicas no âmbito do Plano de Acção do CRI, tais como:

* Apoio à avaliação especializada das crianças com Necessidades Educativas Especiais de Carácter Permanente (NEECP);

* Apoio ao enriquecimento do currículo, designadamente a realização de programas especificos de actividades fisicas e a prática de desporto adaptado;

* Apoio na elaboração, implementação e acompanhamento de Programas Educativos Individuais (PEI);

* Desenvolvimento de respostas educativas no âmbitoda educação especial – Terapia da Fala, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Psicologia 

* Apoio à transição de jovens para a vida pós-escolar, nomeadamente para o emprego;

* Acções de apoio à família;

* Produção de materiais com conteúdos de apoio ao currículo em formatos acessíveis;

* Apoio à utilização de materiais adaptados.

 

O CRI abrange os concelhos da Lousã, Miranda do Corvo, Góis e Pampilhosa da Serra. Tal como foi referido em posts anteriores, os cortes abrangeram cerca de 50 a 60% destas ações e as crianças com NEE estão sem qualquer tipo de apoios desde o início do ano letivo (algumas até antes).

Estes recursos (profissionais e financeiros) são importantes pois dotam estas crianças dos meios e ferramentas necessárias para ultrapassar as suas dificuldades, além de ser um direito legal que lhes assiste.

 

Assim, sendo, logo de manhã, roupa quentinha, cartazes, os nossos filhos pela mão, avós, pais, amigos, tudo no local combinado, à hora combinada. E foi emocionante ver as pessoas chegar e desdobrarmo-nos em entrevistas, numa tentativa de mostrar que esses cortes atingem quem tem nome e rosto. E foi uma emoção - apesar de ausências bem marcadas de professores, por exemplo - ter connosco representantes da Educação Especial, da Câmara Municipal, das associações de pais, do obrigada final que permitiu chegar a esta visibilidade.

 

Estivemos orgulhosamente presentes, pintamos imensos cartazes, estivemos horas reunidas, conversámos, desabafámos, tornámo-nos cumplices. Já temos as 5000 assinaturas do abaixo-assinado pela revisão do financiamento do CRI. Depois de hoje, a próxima paragem será a Assembleia da República.

 

A nossa preparação (fala-se de Coimbra e da Lousã):

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:41

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens