Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As mães e as mães

por t2para4, em 26.09.15

Eis um texto que traduzi e adaptei, que mostra tão bem a diferença entre "as mães" e as "as mães", ou seja, as mães normais e as mães de crianças com necessidades especiais (NE). Revejo-me em muitas das situações descritas em baixo e, quando me dizem, "mas o meu filho faz o mesmo e tem a mesma idade", acreditem que não é o mesmo. É como querer comparar uma dor de cabeça com uma enxaqueca. Parecem a mesma coisa mas são bem distintas, com origens/causas e tratamentos diferentes.

 

- Mães normais dizem aos filhos para se levantarem e se vestirem. E, bem ou mal, eles fazem isso.
M
ães de crianças com necessidades especiais vestem as suas armaduras de guerra para conseguir ter os filhos prontos para começar o dia.

 

- Mães normais mandam os filhos lavar os dentes.
 Mães de crianças com necessidades especiais passam a vida a dizer
, "Lavar os dentes de cima. Lavar os dentes de baixo. Lavaste de lado? Abre a boca. Ó meu Deus, dá cá a escova de dentes! Tens metade do jantar aí! "

 

 - Mães normais dizem adeus aos filhos mal saem do carro ou quando chegam ao portão da escola.
 Mães de crianças com necessidades especiais são, elas mesmas, um serviço completo de motorista, porteiro e segurança dos filhos.

 

 - Mães normais sabem os nomes de todos os seus amigos.
 Mães de crianças com necessidades especiais 
conhecem a maioria dos seus amigos pelo perfil do facebook ou nick de fóruns da especialidade.

 

- Mães normais julgam as outras mães, quando os filhos fazem birras em lojas.
 Mães de crianças com necessidades especiais 
perguntam a si mesmas, "Hmm, será que haverá ali qualquer coisa mais?"


 - M
ães normais queixam-se que passam a vida a levar os filhos ao futebol ou à música, de carro, de um lado para o outro. 
 Mães de crianças com necessidades especiais 
colocam um sorriso amarelo e aguentam as viagens semanais para terapias, exercícios da especialidade, consultas médicas e reuniões (técnicas e escolares).


 
- Os filhos de mães normais têm um professor por disciplina.
 Os filhos de mães de crianças com necessidades especiais 
têm uma equipa tal que dava para jogar futebol com suplentes e árbitos.


- Mães normais falam sobre objetivos atingidos.
 Mães de crianças com necessidades especiais 
falam sobre competências, por exemplo, competências de jogo/brincadeira, competências de comunicação, competências para a vida, competências sociais e competências funcionais .


 - M
ães normais relaxam com os seus filhos durante o verão.
 Mães de crianças com necessidades especiais 
começam o seu segundo trabalho como terapeutas, monitoras e coaches de competências.


- Mães normais referem-se a hotéis quando se fala em alojamento de férias.
 Mães de crianças com necessidades especiais
esperam, um dia, conhecer esses alojamentos e saber o significado da palavra "férias", sem ter que recorrer a uma lista infindável de coisas que regulam os seus filhos.


- Mães normais desejam uma boa carreira para os filhos.
 Mães de crianças com necessidades especiais desejam que alguém dê aos seus filhos uma hipótese de trabalhar
.


- Mães normais relaxam com um bom banho.
 Mães de crianças com necessidades especiais
consideram qualquer tempo sozinhas numa casa de banho um luxo.

 

- Mães normais gostam de ler o último best-seller ou uma revista.
 Mães de crianças com necessidades especiais deveriam
receber um título honorário por todos os livros e legislação que leram sobre direitos, deficiência e inclusão.


- Mães normais vão ao cinema ou jantar fora com os maridos, sem os filhos, sem preocupações, de vez em quando.
 Mães de crianças com necessidades especiais vão ao cinema ou jantar fora com os maridos, sem os filhos, sem preocupações, quando os filhos estão na escola ou...bem, a ultima vez foi antes de ter filhos.


 - M
ães normais queixam-se que os filhos não gostam de legumes.
  Mães de crianças com necessidades especiais 
estão tão desesperadas em relação à alimentação dos filhos que consideramos hamburguers um produto de carne legítimo e batatas fritas um legume com valor nutricional igual à couve-flor.


- Os filhos de mães normais vão brincar com os amiguinhos ou sair em grupo ou a festas em casa uns dos outros.
  Os filhos de mães de crianças com necessidades especiais 
vão às terapias, às aulas de natação, às aulas de motricidade... e não costumam dar-se bem nesse tipo de "eventos" sociais...


- Mães normais ainda conseguem uma ladies' night.
  Mães de crianças com necessidades especiais consideram uma ladies' night quando conseguem estar online juntas à mesma hora enquantos os filhos não acordam do 1º sono, a discutir estratégias e a ajudarem-se em relação à escola, legislação, consultas, etc
.


- Mães normais têm a informação clínica dos filhos numa pasta ou no boletim da criança.
  Mães de crianças com necessidades especiais 
confessam que uma pequena floresta foi derrubada para que pudéssemos receber as nossas reivindicações e que a estante já não aguenta com os dossiers todos (e já ninguém se dá ao trabalho de escrever no boletim da criança).


- Mães normais pensam que CRI deve ter alguma coisa a ver com partidos políticos.
  Mães de crianças com necessidades especiais
sabem mais siglas do que um engenheiro da NASA.

 

- Mães normais deixam de ter o contacto do pediatra em speed dial a partir dos 5 anos.

Mães de crianças com necessidades especiais têm esse contacto em speed dial, bem identificado, sem data limite para quebrar contacto.


- Mães normais conseguem cozinhar um jantar completo e pensar em comidas saudáveis.
  Mães de crianças com necessidades especiais 
nunca irão admitir quantas vezes já fizeram uma sopa em 20 minutos ou prepararam esparguete durante dias a fio, desde que os filhos comam.


- Mães normais queixam-se dos seus empregos e do trabalho que dá conciliar tudo.

 Mães de crianças com necessidades especiais adorariam poder fazer o mesmo... Muitas de nós deixámos de trabalhar por causa dos nossos filhos ou trabalhamos poucas horas e perto de casa (sem carreira definida à vista), por causa dos nossos filhos.

 

E, apesar de tudo, são os nossos filhos e é por eles que fazemos tudo... Quero acreditar que, entre "mães" e "mães", pelo menos, essa diferença não existe.

 

 

in http://www.oneplaceforspecialneeds.com/main/library_regular_vs_special.html

 

 

 

---------------- Estamos também no Facebook --------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:27

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana Ferreiro a 26.09.2015 às 19:02

É impossível dizer melhor que isto!...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 29.09.2015 às 17:54



Nem sei comentar.
Muito bom!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens