Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eu disse que já ia!

por t2para4, em 03.03.16

Não consigo estar em todo o lado ao mesmo tempo. Há coisas que acabam por ficar mais adormecidas ou latentes à espera de uma janela de oportunidade para ver a luz do dia.

Infelizmente parece que nos é exigido tudo ao mesmo tempo, sem que tenhamos abertura para respirar ou apenas apreciar um bom café ao invés de o engolir à toa sem reparar sequer se levou açucar ou não.

 

Tive que adiar uma aula para vir a casa fazer almoço e jantar, tratar de uma piolha que está com febre e não pode ir à escola, imprimir materiais para as aulas da tarde, deixar recados ao marido que - felizmente! -  me pode ajudar com a piolha. Entre aulas, já tive que sair para ir fazer pagamentos (que têm de ser presenciais), ir às compras e arrumar tudo. Tive também que, à saída, esclarecer umas dúvidas na secretaria da escola.

Agora a placa trabalha a toda a eletricidade (já não temos gás, por cá, whooohhoooo!!!) e pergunto-me, rapidamente, se a canja ficará em condições se lhe juntar um pouco de cenoura e alho-francês e indago se ainda conseguirei estender a máquina de roupa lavada enquanto a piolha dorme, o que me faz recordar que tenho que lhe dar nova dosagem de paracetamol às 16h, talvez antes, mas terá que ser o pai porque não estou cá e ele detesta lidar com medicamentos.

 

Bem, anyway, o que eu quero dizer é só isto. Eu cá me arranjo, eu desenrasco-me na boa desde que não me chateiem nem ponham o minha tolerância à prova pois está mesmo a tocar na red line.

E, acima de tudo, não me façam perguntas do género "Não arranjas ninguém para te ajudar?" nem digam coisas do género "Não sei como consegues" ou "tens que arranjar alguém para te ajudar" e, muito menos, "mas é professora, nem sei de que te queixas porque tens férias a rodos e é só usar os manuais". Eu não opino sobre as outras profissões, paremos de opinar (erradamente) sobre a minha, boa?

Portanto, eu já vou. Só preciso de mais 5 minutos e um café. Longo, sem açucar, forte e escuro. Já vou.

 

 

 

---------------- Estamos também no Facebook --------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


12 comentários

Imagem de perfil

De Catarina a 03.03.2016 às 11:14

Bem sei como é isso pelo que não vou opinar. Desejo apenas as melhoras para a pequena.
Imagem de perfil

De t2para4 a 03.03.2016 às 23:13

Obrigada! Um beijinho
Sem imagem de perfil

De Be a 03.03.2016 às 12:09

Essa do "não sei como consegues" também oiço muita vez. E irrita-me profundamente porque 99% das vezes não tem a ver com o trabalho de mãe mas com o facto de macaquito ser... macaquito. Costumo responder que sou mãe, só mãe! E trabalho! Muito! E consigo porque quero, porque gosto, porque amo. Se é mais fácil ou mais difícil, isso é discutível. As pessoas vão sempre exigir mais dos outros do que exigem delas próprias, não ligues.
As melhoras da piolha e "high five" para ti!
Imagem de perfil

De t2para4 a 03.03.2016 às 23:15

É tão isso mesmo... É o facto de as piolhas serem como são... E eu ser pouco flexível em algumas coisas. Por exemplo, se as piolhas estão em casa doentes com o marido ou a avó, a ideia é eles cuidarem delas em vez de andarem preocupados com limpezas ou passar a ferro ou sei lá mais o quê. Prefiro que me ajudem estando com elas, vigiando as febres - elas fazem febres tão instáveis -, que as ajudem a acalmar para descansar... Cá nos arranjamos depois, num fim de semana ou num dia so dedicado às limpezas, vá.
Sem imagem de perfil

De Simão a 03.03.2016 às 19:18

E como é que consegue?! Não arranja ninguém para a ajudar?!
Imagem de perfil

De t2para4 a 03.03.2016 às 23:12

A minha mãe fica com as piolhas quando não podem ir à escola e eu preciso de trabalhar mas, para não sobrecarregá-la (já não é nenhuma jovem e eu sei bem o trabalho que as miúdas dão), aproveito todos os buraquinhos do horário para ir ter com elas.
Quanto ao trabalho em casa, é uma questão de prioridades: se tenho aulas para preparar e avaliações para entregar, ou as piolhas têm trabalhos e fichas para fazer, tenho que fazer isso primeiro e a casa espera... Trato, de forma multitasking, de roupas e refeições ao mesmo tempo. Não há um dia fixo para arrumações ou limpezas: aspira-se, limpa-se ou lava-se quando é preciso. E o marido ajuda sem ser necessário pedir-lhe, se puder (trabalha por turnos e é complicado gerir horários). Apesar de extremamente cansativo, cá nos arranjamos porque não temos outra hipótese... 
Sem imagem de perfil

De Simão a 04.03.2016 às 11:36

A senhora disse "E, acima de tudo, não me façam perguntas do género "Não arranjas ninguém para te ajudar?" nem digam coisas do género "Não sei como consegues"" e eu fiz as perguntas num registo de "me meter consigo" (desculpe o abuso), num registo de boa disposição... No entanto, recebi uma resposta séria, informativa e só tenho que lhe dizer obrigado por ter dado essa importância ao meu comentário que, afinal, foi ineficaz, pois eu pensei que a senhora me ia responder algo como GRRR ou coisa assim :)))

Bom dia e as melhoras da sua filha.
Imagem de perfil

De t2para4 a 04.03.2016 às 19:35

Não atingi, shame on me ehhehhehe há dias em que o meu botão "sério" está híper ativado. Mas confesso que rebolei os olhos :P mas escrevi o que de facto fazemos quando estamos em dias mesmo complicados...


Vamos aproveitar um fim de semana para clausura terapêutica... A febre desapareceu mas está para aqui um congestionamento de vias respiratórias que até mete dó... Obrigada pelo carinho.
Sem imagem de perfil

De Simão a 04.03.2016 às 11:43

Creio que o que vou dizer não é para publicar:


Fui ver o seu perfil e, depois, o post intitulado "Sobre Nós". Como gosto de pessoas com coragem (talvez porque eu seja um medroso) fico seu/vosso fã.
Sem imagem de perfil

De Simão a 04.03.2016 às 19:36

Pronto! Agora toda a gente fica a saber que sou medroso... mas deixe lá,  eu namimporto!
Imagem de perfil

De t2para4 a 13.03.2016 às 20:54

eheheheheh
Imagem de perfil

De t2para4 a 04.03.2016 às 19:40

Obrigada pelo seu comentário e elogio!
Creio que somos corajosos porque tivemos mesmo que o ser... Mas somos medrosos em tantas outras coisas, não duvide! Talvez sejamos teimosos. A certa altura, talvez se assemelhe muito à coragem. Mas, a verdade é que, por aqui, não temos muito tempo para estar a pensar, temos que agir ou podemos perder tempo que nos é precioso.
Um beijinho nosso.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens