Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Foram 2 carnavais e 1 aniversário com a mesma fatiota made at home e que fez as delícias das piolhas. Elas queriam muito ir vestidas de Equestria Girls e foi pensar nas que preferiam encarnar e as que menos trabalho dariam para fazer acessórios e afins.

Decidimo-nos pelas Twilight Sparkle e Fluttershy. Na net, pesquisei a imagem ideal e comecei a delinear o plano para chegar ao resultado final, tão parecido quanto possível.

Comeci, então, por aqui:

 

10968315_1552906994980340_942698288035127032_n.jpg

 

Tive que pensar que roupas tenho para combinar com o que vou fazer pois estamos no hemisfério norte e, aqui, o carnaval é frio, molhado e frio (sim, frio).

Tinha os collants ideais - que substituiam as botas das bonecas - e as camisolas quentinhas comprei numa loja chinesa (uma camisola de gola semi-polar branca e, no caso da Twilight, uma camisola azul por baixo e, por cima, uma blusa qualquer. No ano passado levou uma branca, esta ano levou uma maior azul). Também comprei o laço na loja chinesa bem como as perucas: uma lisa azul (não havia roxo, por isso, só troquei as cores e pintei com tinta acrílica a amadeixa rosa e roxa) e outra encaracolada rosa.

Na retrosaria comprei uma tira de tecido verde - aquele tom de verde - que ficou em cerca de 5 euros.

Os feltros, o gancho, as linhas, a fita, os elásticos, etc, já tinha em casa de outros projetos.

 

Contas feitas: cerca de 7 euros na loja chinesa + 5 euros na retrosaria.

 

Como preparei tudo

Antes de mais, fiz em cartolina, os moldes das asas, sempre em duplicado (esquerda e direita) com reforço interior para dar mais firmeza quando as asas estivessem postas. Fiz, igualmente, os moldes das orelhas e do chifre para depois coser às bandeletes e usar por cima das perucas.

 

Depois começou o corte. Das asas, do interior das asas, do reforço, das orelhas.

 

a.jpg

 

O passo seguinte foi coser tudo, com a ajuda da máquina de costura, e não esquecer de fazer o reforço para as asas, no local da união. E fazer umas asas amarelas e outras roxas. No final, com a tesoura, cortar e aparar o excesso de tecido de modo a que as asas fiquem iguais e com o mesmo tamanho.

 

b.jpg

 

c.jpg

 

No interior, ajustados às medidas dos braços das piolhas - que vão vestir roupa quente -, cosi os elásticos à mão.

 

d.jpg

 

Altura da primeira prova, sob o olhar do Silvestre a da mana. Perfeito! 

 

e.jpg

 

Asas prontas, o passo seguinte foi tratar das saias. Ora, como eu não sou lá grande coisa com franzidos e afins, pedi à minha mãe que fizesse a saia verde e subisse a bainha da saia roxa (que já servira no carnaval anterior). Depois, fiz e apliquei as cutie marks de cada Equestria, de acordo com as imagens e bonecas cá de casa, que fiz em feltro.

 

f.jpg

 

Quase tudo pronto, faltavam as orelhas e as perneiras e o gancho da Fluttershy. Cosi as orelhas à mão e uni-as a umas bandeletes que já cá tinha. As orelhas saem e posso sempre reutilizar as bandeletes.

 

g.jpg

 

Chegado o dia da folia, foi preparar as piolhas com as roupas e os acessórios e vê-las felizes.

 

h.jpg

 

Em 2015 foi assim.

E, em 2016, não foi nada diferente (a não ser uma nova camisa e sapatilhas - que os cm do crescimento não perdoam).

 

i.jpg 

 

Não tive tempo nem energia nem paciência para novas fantasias, de outras Equestrias. E eu que me imaginava de Pinkie Pie eheheheheh

Manteve-se a mesma alegria, a mesma felicidade. Não preciso pedir mais.

 

E por aí? Há mais alguém a meter-se em projetos DIY? Como corre?

 

 

 

 

---------------- Estamos também no Facebook --------------------

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Sandra a 10.02.2016 às 21:25


Cá por casa houve um Asterix (calças de fato de treino vermelhas + camisola polar preta - o Asterix original usa uma T-shirt sem mangas preta, mas o inverno do hemisfério norte não se compadece cá dessas frescuras!).
O tema da escola era "Reutilizar e reciclar" e era dada liberdade de escolha do disfarce, apenas com o pedido de que houvesse algum reaproveitamento de materiais recicláveis.
Assim, o capacete foi feito a partir de um capacete de pirata (comprado num hipermercado e devidamente forrado com papel de alumínio) e as asas do capacete, feitas a partir de pacotes de leite (2 pares de pacotes lavados, espalmados e colados frente com frente, de modo a que ficassem à mostra apenas a parte que costuma ser o interior - prateado), foram lá cosidas (à mão). O cinto foi feito com uma tira de fita verde (daquelas usadas para fazer alças de mochilas) e decorado com duas tampas de champô Pantene e uma tampa de Pensal (para fazer os três círculos amarelados que decoram o cinto), e o cantil da poção mágica foi um copo de iogurte líquido ao qual foram coladas uma etiqueta (para identificar o suposto conteúdo) e uma mola da roupa de madeira (para prender o cantil ao cinto). O bigode foi cortado de um envelope velho, daqueles amarelos e almofadados, e foram-lhe postos uns elásticos (de rolinho, mas de resto parecidos com os das tuas asas), que prendiam atrás das orelhas, à laia de máscara de dentista. A espada era a de madeira que já cá anda por casa desde o verão!
Ou seja, a máscara deu trabalho a preparar, mas nada ao teu nível!

Sandra
Imagem de perfil

De t2para4 a 11.02.2016 às 13:07

É pá, isso deu uma trabalheira maior do que coser feltros ehehhhehe (eu cá sou muito de coser feltros. Confesso que me faz um bocado de impressão ter os miúdos com sacos de plástico e pacotes de leite... Prefiro reutilizar e reaproveitar tecidos e coisas que por aqui andem).
Gostei da descrição pormenorizada e visualizei perfeitamente um Asterix! :) Brutal!!
Sem imagem de perfil

De Maria João a 16.02.2016 às 22:09

Quando se junta o amor de mãe e uma habilidade natural para coisas feitas à mão, o resultado só pode ser este: o melhor :)
MJ
Imagem de perfil

De t2para4 a 17.02.2016 às 20:31

<3 obrigada... um beijinho

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens