Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Nada como começar a manhã com as piolhas a relembrarem-me, quando eu mal abria os olhos, que dia era hoje e o que era suposto eu dizer. Lá ficaram todas contentes com o meu "Feliz dia da criança" e foram brincar com os fatos enquanto tomavam o pequeno-almoço.

 

Tenho, ao longo de todo este tempo, batalhado muito para que, acima de tudo, elas sejam crianças. E possam viver este tempo, este momento presente, sem pressões e sem idiotices de mini-adultos porque elas são crianças. E, tanto eu como o pai, desejamos, acima de tudo, que elas tenham uma infância feliz, repleta de boas lembranças, cheia de memórias sorridentes, sem a bruma da mágoa.

Queremos que elas brinquem.

Queremos que se sujem.

Queremos que andem de bicicleta e esmurrem os joelhos.

Queremos que brinquem na areia da praia e tragam meia praia dentro das sapatilhas.

Queremos que apanhem flores pela raiz e tudo, daquelas que deixam as mãos leitosas e mal cheirosas, mas que são um regalo à vista.

Queremos que apanhem dentes de leão e os soprem.

Queremos que se deitem no chão a olhar para as formas das nuvens.

Queremos que mantenham o seu mundo fantasioso por mais uns tempos.

Queremos que sintam a obrigação de brincar.

 

Não queremos mini-agendas, com tempos apertados, quinhentas mil atividades extra que não deixam tempo sequer para respirar ou jantar sem adormecer em cima do prato da sopa.

Não queremos as piolhas stressadas porque nós também andamos stressados com o tempo, apertados com os horários da srefeições e dos banhos e das tpc, e sei lá mais o quê.

 

Hoje foi mais um dia, igual aos outros, com a única diferença de ter o título "Dia da Criança". Ansiaram sair todo o dia e conseguimos fazê-lo depois do lanche. E valeu a pena. Encontrámos um parque infantil vazio, todo disponível só para elas; caminhámos um pouco e ainda apanhámos um evento da luta contra o cancro. E as piolhas reconheceram imensa gente, estiveram com as pessoas que mais gostam delas e de quem elas mais gostam, pediram balões e pinturas faciais, suportaram a música sem queixas e vieram a cantarolá-las pelo caminho.

E o jantar também foi diferente: cachorros e arroz doce na nossa Yammï, a pedido das piolhas e da mãe, repetivamente. Uma delícia.

E o dia acaba cedo porque as pilhas esgotaram-se... Adormeceram no sofá e foram transferidas ao colo para a cama.

 

 

Pinturas faciais: diamante de Rarity e maçã de Applejack - poneis, claro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens