Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"O cérebro de Hugo"

por t2para4, em 12.10.15

Tenho lido e ouvido críticas fantásticas em relação a este documentário francês, com testemunhos na 1ª pessoa. Ajudam a entender um pouquinho o que vai na mente de alguém com autismo.

 

Confesso que ainda não vi o filme. Tenho fugido um pouco a coisas qu eme emocionem demais ou me façam recordar um passado doloroso e todo um caminho árduo que fizemos e sabe-se lá o que ainda nos espera. No entanto, estou curiosa. Irei vê-lo, certamente, mais tarde, um destes dias.

 

 

 

 

---------------- Estamos também no Facebook --------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:10

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Marta a 12.10.2015 às 11:20

Olá.
O que partilhou é o filme ou trailer?
Obrigado
Imagem de perfil

De t2para4 a 12.10.2015 às 15:31

Olá!


É mesmo o filme.
Sem imagem de perfil

De Marta a 22.10.2015 às 09:08

Já vi metade... e.... ufff....
Vou-lhe enviar um email assim que tenha um tempinho (e coragem) para o compor, que em nada tem a ver com o tema. 
Beijinho
Imagem de perfil

De t2para4 a 25.10.2015 às 19:29

Eu ainda continuo sem coragem... E ainda estou a recuperar de uma malvada constipação que teima em não desaparecer pelo que, não me pareça que vá ver tão cedo..
Quanto ao email, mande sim. Vou tentar ser rápida na resposta...
Sem imagem de perfil

De Marta a 06.04.2016 às 10:52

Já enviei!! :)
Sem imagem de perfil

De MariaJoão a 13.10.2015 às 09:00

Vi ontem e achei tão forte. No final parecia que tinha sido atropelada por um comboio. Foi assim que me senti. Revivi algumas coisas, vi realidades muito mais gravosas que a nossa... E é como se todos fossem um bocadinho meus filhos. Dói muito. Senti os medos do futuro, como nunca. Mas também a esperança de que, atualmente, com um melhor entendimento desta problemática e com todos os aspectos de uma intervenção global, os nossos filhos possam ser adultos orgulhosos das suas diferenças (que ser igual ao outro é uma seca), mas devidamente munidos de ferramentas que os tornem capazes de se defender dos desafios da vida como qualquer outra pessoa.
Um beijinho e muito obrigada pela partilha do filme. Foi importante ver!
MJ  
Imagem de perfil

De t2para4 a 13.10.2015 às 22:29

Eu é que agradeço todos estes comentários tão importantes e construtivos.
Por essa razão, e por já ter visto algumas imagens na rápida diagonal, é que ainda não tive coragem para ver o filme... Vi, pouco depois de termos um nome para o que se passava, o filme sobre a vida da Temple Grandin e chorei este mundo e a cabeça do outro... E vi mais um ou outro e chorei chorei chorei, de medo, de raiva, de frustração, de mágoa, de incerteza, chorei por chorar... Não me sinto com a força necessária para passar por estas emoções todas agora, nesta fase. Quero muito ver  o filme mas, não ainda. Ainda há muita coisa pessoal que me doi, como, por exemplo, ver os vídeos das minhas filhas bebés... Parece qu estou a dissecar compprtamentos e diagnósticos em vez de as ver apenas. E custa muito...
Mas fico agradecida por existirem filmes, documentários, reportagens com minúcia, informação fidedigna e testemunhos na 1ª pessoa. Dá uma outra noção da realidade do que vivemos. E não nos sentimos tão sós...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens