Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dadores de medula óssea e de sangue

por t2para4, em 15.10.11

Já há algum tempo que andava a ponderar dar sangue e inscrever-me como dadora de medula óssea mas esperava pela melhor altura para o fazer e isso implicava uma ida a Coimbra, de propósito, para a recolha e não estava com muita disponibilidade de horário. Soube que hoje, na minha localidade, decorreria uma colheita de sangue e triagem de dadores de medula óssea. O marido ficou com as piolhas e lá fui eu.

 

Ainda não eram 9h e eu já estava no local indicado, bem como, dezenas de outras pessoas. Nunca pensei que houvesse tanta gente a aderir a este tipo de campanhas e fiquei muito sensibilizada. Preenchi os formulários necessários, falei com uma enfermeira sobre a triagem de dadores de medula óssea e aguardei a minha vez na fila, com uns frasquinhos para a recolha - mesmo que não desse sangue, isso não impossibilitaria a colheita para dadora de medula.

 

Pouco depois, uma médica chamou-me e fez-me algumas perguntas para a colheita de sangue: se tinha tomado o pequeno-almoço e o quê, peso e altura, operações, medicamentos tomados, valores habituais da tensão arterial etc. como consolidação do que havia preenchido no inquérito prévio. E aí começam as minhas (quase confirmadas) suspeitas de que não poderia dar sangue. A médica não ficou muito satisfeita com a minha ignorância de peso (deixei-me disso porque ando sempre na casa dos 55kg com toda a gente a dizer-me constantemente que ando magrissima para quem é taão alto - 1,73 cm) e registou 6-9 de tensão arterial e, apesar de ter tomado leite com mistura de cereais e café e um croissant com manteiga (ao contrário do que faço habitualmente - bebo só o leite com o café) e me sentir muito bem, não pude dar sangue por ter as duas tensões muito baixas. Explicou-me que é sinal de longevidade e que, para o dia a dia, não causa problemas mas que para  dar cerca de 0,5l de sangue não era aconselhado pois iria sentir-me nauseada ou desmaiar no processo e passaria o resto do dia deitada, a sentir-me muito mal. Deu-me uns truques a seguir para a próxima recolha: comer comidas fortes em sal, beber muita água, café e chás verde ou preto na semana anterior à recolha para fazer subir a tensão. E pensava eu que um estilo de vida saudável e uma alimentação adequada e saudável eram bons para a saúde... 

 

Bem, saí dali um pouco triste (e a sentir-me inútil) e dirigi-me à área da triagem para dadores de medula óssea. O técnico de análises clínicas preparou tudo para a colheita de sangue mas não correu bem. A seringa era demasiado grossa para as minhas veias e rebentaram nas duas tentativas, nos dois braços... Apesar do percalço, lá deu para recolher o suficiente antes de começar a doer forte. Pensos rápidos nos braços, dois hematomas e sensação de dorido.

 

E pronto. Vim embora com a sensação de que não fui tão útil como pensara mas enfim. Espero que ajude.

 

Deixo informações sobre ambas as recolhas:

 

Triagem de dadores de medula óssea:

 

O primeiro objectivo do CEDACE é encontrar dadores voluntários que desejem doar células de medula óssea, a doentes que podem ser tratados pela transplantação destas células. Por isso, se tiver entre 18 e 45 anos, contamos consigo para participar no Registo Português de Dadores de Medula Óssea (CEDACE) como potencial dador de medula óssea.

 

Encontrar um dador compatível é uma tarefa muito difícil pois as pessoas são geneticamente muito diferentes.Por isso, o CEDACE está integrado numa base de dados internacional contendo dadores doutros registos, permitindo assim aos nossos doentes o acesso a medulas de dadores provenientes de Portugal ou de outros países. A sua doação também pode ser efectuada para qualquer doente português ou estrangeiro que necessite de uma transplantação de medula óssea. Só o esforço de cooperação internacional permite uma maior eficácia na obtenção de uma medula compatível e assim salvar a vida de muitos doentes.

 

Se quiser participar neste programa, deverá ler toda a proposta do CEDACE e depois deverá preencher o pequeno inquérito médico apresentado em anexo. O inquérito destina-se não só a proteger o dador, mas também o doente de eventuais doenças transmissíveis. Uma vez avaliado por um médico, e se não forem encontradas contra indicações, o CEDACE fará análises para determinar as características tecidulares dos seus leucócitos (chamada tipagem HLA). São estas características que vão permitir avaliar a compatibilidade entre os tecidos humanos e por isso a compatibilidade entre o potencial dador e o doente, antes deste poder vir a receber a medula óssea.

 

A determinação do HLA requer a colheita de um pouco de sangue da veia do braço, mais ou menos 20 ml, a partir do qual serão também estudados alguns marcadores virais para avaliar se é portador de doenças transmissíveis.

Como deve compreender, este registo e a tipagem HLA, são apenas a primeira etapa na doação da medula óssea. No computador ficam registados os seus dados pessoais, a tipagem HLA, e a informação de que é um possível dador de medula óssea. No caso de aparecer um doente que tenha compatibilidade tecidular consigo, então irá ser necessário fazer mais uma pequena colheita de sangue para novos testes de compatibilidade. Estes serão mais precisos do que os primeiros. Se estes indicarem que há uma perfeita semelhança entre si e o doente, então será feito um exame médico e só depois será feita a colheita de medula óssea.

 

A colheita de medula óssea poderá ser feita de duas formas diferentes.

Numa delas as células são colhidas por uma técnica chamada citaférese, na qual é possível colher as células a partir de veias periféricas no braço, num processo rápido e simples. Neste caso, o sangue retirado da veia do dador passa através de um aparelho que remove apenas as células necessárias para o transplante, devolvendo novamente as restantes células e plasma ao dador. Neste caso para que as células da medula sejam mobilizadas para a periferia é necessário que o dador faça um tratamento com injecções subcutâneas de uma substância chamada factor de crescimento. Este factor de crescimento é uma substância fisiológica que todos nós produzimos diariamente e principalmente quando é exigido ao nosso Sistema Imunitário que responda a uma infecção, por exemplo.

Na outra forma a colheita de medula óssea é feita no bloco operatório, sob anestesia, por punção dos ossos da bacia. Neste caso há que recorrer a um pequeno internamento de cerca de 24 horas. Não tem riscos para além da pequena anestesia a que é sujeito e poderá eventualmente sentir alguns incómodos no local da picada durante um ou dois dias.

 

O dador poderá sempre optar pela forma de colheita e a cada etapa deste processo ser-lhe-á dada informação sobre o que se vai passar e tem sempre a oportunidade a qualquer momento de continuar ou desistir.

 

http://www.apcl.pt/PresentationLayer/ctexto_00.aspx?ctlocalid=38 (questões mais frequentes)

 

http://apcl.staging.sapo.pt/APCL/PresentationLayer/ResourcesUser/Medula_ossea/Folheto_Cedace2.jpg (informação geral)

 

http://www.chsul.pt/up/CEDACE/SerDador/Inquerito_de_InscricaoCEDACE.pdf (folheto e inquérito de inscrição)

 

 

Colheita de sangue

 

 

http://ipsangue.org/ipsangue2011/   Tem todas as informações sobre como podemos ser dadores, onde podemos fazê-lo e se a nossa empresa ou associação ou outra pode colaborar e como o fazer. 

 

------------------------------------

I have been thinking about donate blood and register as a bone marrow donor for a while but I was weaiting for a better time to do it and it would imply a trip to Coimbra, on purpose, to do the collection and I didn't have much schedule availability. I knew that today, in my town, it would take place a collection of blood and bone marrow. My husband tookj care of the girls and there I went.
It wasn't 9 a.m. yet and I was already there along with dozens of other people. I never thought there were so many people adhering to this sort of campaigns and I got very sensitized. I filled in the forms, I talked to a nurse about the screening for bone marrow donors and I kept in line until it was my turn, with two small flasks for the collection - even if I could donate blood, it wouldn't impede collecting for bone marrow.
Shortly after, a doctor called me in and asked me some questions for the collection of blood: if I had had breakfast and what, my height and weight, taken medicine, usual blood pressure values etc. as a setting of what was filled in that form. And my (almost confirmed) suspicions began: I wouldn't be able to donate blood. The doctor wasn't very happy I didn't know my weight (I quit that because I usual weight 55 kg and I have everyone telling me how skinny I am when I am so tall - 1,73 cm) and she registered 6-9 for my blood pressure and, though, I had coffe and cereals and a croissant with butter for breakfast (unlike what I usually do - I only drink milk with coffee) and I felt very good, I wasn't allowed to donate blood because I have both pressures very low. She explained me it is a sign of long life and that, in our daily life, it causes no harm but it wasn't suitable to donate about 0,5 l of blood because I would feel sick and nausia or pass out in the process and spend the rest of the day laying down and feeling very sick. She gave me a few tricks for the next time: eat strongly salted food, drink a lot of water, coffee and green or black tea the week previously to the collection to rise the blood pressure. And I thought it was good for your health to have a healthy and proprer life style and nourishment.
Well, I got out a bit sad (and feeling useless) and went to the screening area for bone marrow donors. The clinical analysis technician prepared everything but it dodn't go well. The needle was too thick for my veins and they blew up in both attempts, in both arms... Despite the mishap, we managed to collect the enough amount before hurting for real. Bandages in boths arms, two bruises and a bruised pain.
There. I walked away with the feeling it wasn't as useful as I thought but... I hope it can be helpful.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:40

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens