Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trabalho de férias

por t2para4, em 18.04.14

Não dispenso mas, tudo e sempre com conta, peso e medida.

 

É importante estar em sintonia com o professor titular, perceber quais são os pontos fortes e os mais fracos dos nossos filhos, questionar, sugerir, pedir opiniões, ir às reuniões de avaliação. A maioria dos pais dos meus alunos - e dos coleguinhas das piolhas - não vai às reuniões nem à entrega das avaliações. Triste mas enfim.

Eu vou, sempre, independentemente do que possa ter agendado. Há prioridades. E também há declarações de presença e legislação que prevê estas ausências ao serviço.

 

As piolhas, apesar de se safarem muito bem a matemática, revelam alguns problemas na abstração e na interpretação de problemas - algo que, no caso delas, está intrinsecamente ligado ao autismo. Reparei que se um texto estiver escrito na 1ª pessoa do singular a pedir que se defina uma figura geométrica, elas desenham uma boneca e dão o seu próprio nome, porque é "eu". Algo que, no futuro, se não for trabalhado, lhes trará imensos problemas a compreender metáforas, por exemplo.

 

A professora mandou algumas fichas para fazer durante as férias e, em vez de deixar tudo para o final, as piolhas fizeram tudo logo nos primeiros dias. E agora entro eu e o nosso treino. Tantos dias sem escrever nada e sem puxar pelo miolo, não me parece bom. Assim, todos os dias, fazemos um exercício qualquer para rever matéria, treinar a escrita ou apostar no cálculo. O meu leque passa por:

- ditados

- cópias

- problemas

- geoplanos e simetrias

- contas

- retas numéricas, ábacos e colares de contas.

 

Descobri um site onde posso consultar exercícios de vários tipos e imprimir até fichas de avaliação. Também tenho alguns manuais mais antigos para fazermos uns exercícios. Comprei uns caderninhos onde fomos fazendo tudo isso ao longo destes dias. 

 

Como fazemos, então?

- seleciono o que quero fazer com as piolhas (um dia Língua Portuguesa e outro dia Matemática)

- escolho exercícios que não demorem mais que 20 a 30 minutos a fazer

- as piolhas fazem um exercício por dia, todos os dias, mas, se estiverem entusiasmadas, podem fazer mais.

- aproveito a boa vontade das piolhas e fazemos mais, se quiserem.

- incluímos estes exercícios na rotina. 

- corrigimos sempre os erros ou falhas em conjunto para perceberm o porquê do erro e como se corrige.

 

 

 

A caligrafia das piolhas é pavorosa. E desenham algumas letras de forma muito estranha. Ainda assim, escrevem rápido e de forma inteligivel. E é isso que interessa. E é o que digo à equipa de ensino especial e à professora: os médicos também escrevem pavorosamente e ninguém lhes vai dar um insuficiente na caligrafia...

Não dispensa treino, obviamente, e está marcada uma avalição para terapia ocupacional por causa da motricidade. Mas, para já, vou fazendo o meu trabalho de mãe/professora em casa.

 

E, já agora, uma pequena nota: o ser professora só me ajuda em termos didáticos e pedagógicos mas qualquer pai ou mãe pode fazer isto. A minha mãe só tem a 4ª classe antiga, do antes 25 de abril de 1974 e isso nunca nunca a impediu de me acompanhar a mim e à minha irmã nos nossos trabalhos da escola. Ajudava-nos, verificava por erros, obrigava-nos a fazer cópias e contas nas férias de verão. E mal não fez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.05.2014 às 12:24

Tem dicas fáceis e divertidas para melhorar a letra: http :/ pt.wikihow.com Melhorar-a-Sua-Caligrafia
Imagem de perfil

De t2para4 a 14.05.2014 às 11:46

Obrigada!
Já fui ver. Algumas dicas dão para fazer com crianças pequenas, outras não. Creio que no caso das piolhas tem mesmo algo a ver com a motricidade. Far-se-à uma avaliação em breve para verificar isso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.05.2014 às 12:03

Uma coisa não impede a brincadeira com toda a família .

Escrever no ar, recortar, colar, escrever/ desenhar num quadro (vidro gigante lá de casa), amassar pão/ barro/plasticina, cultivar, origami , kirigami , costurar, bordar ... com tudo se constrói a vida!
É só dica não receita, mas isso já se sabe ;)

https://plus.google.com/photos/112578869428448133879/albums/5188030822720667809?banner=pwa
http://omovimentodaescrita.blogspot.pt/search/label/Disgrafia
http://omovimentodaescrita.blogspot.pt/search/label/M%C3%A9todo%20antidisgr%C3%A1fico

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens