Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Abertura da época balnear aprovada!

por t2para4, em 29.06.13

 

 

Amanhã há mais :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04

E lá vamos nós para a piscina!!!

 

Depois de (finalmente!!!) nos rendermos às roupas leves, frescas, giras e coloridas do verão, agora estamos de abalada para a piscina. Com bikinis novos para as piolhas e muitos momentos de chapinhar e saltos para a água prometidos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

Tagarelice #16

por t2para4, em 24.06.13

As piolhas, na corrida para uso da casa de banho, logo de manhã:

 

- Chega para lá, eu sou a primeira!

- Não, sou eu!

- Eu é que nasci primeiro!

 

E posto isto, contra factos não há argumentos... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:41

... veem as  marchas populares até ao t2.

 

Por aqui, alta cantoria, em torno desta música. Ainda quero ver se a melatonina fará efeito hoje... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Não podia deixar de dedicar umas linhas ao local onde estudei, onde conheci o meu marido, onde adquiri cultura, conhecimento e aprendizagem. Não foram os melhores anos da minha vida, mas foram bons anos. Sinto orgulho pela minha cidade, pela minha universidade, pela minha passagem (difícil) por aquelas bandas, pelos monumentos que tem, pelo tanto que se pode fazer/ver/aprender. Coimbra é Coimbra e mais nada... E aquele Mondego maravilhoso traça o cenário perfeito, romântico e apaixonado. Diz-se que quem passeia nas margens do Mondego vive o seu verdadeiro amor. Acho que se pode dizer que sim! :)

Aquelas ruas foram, tantas vezes subidas e descidas, - algo que agora me parece quase impossível sem ficar com os bofes de fora -, as aulas que tínhamos no São Jerónimos - gelados até aos ossos e a desejar não ter aulas na antiga morgue -, as baldas às aulas para ir namorar para o Jardim Botânico, os passeios pela cidade, etc. E depois casámos e vieram os filhos e isto parece que foi tudo noutra vida... Uma vida em que se faziam planos para o futuro. E o futuro chegou e não tem nada a ver com o que se idealizou lá atrás, há 12 anos atrás...

 

Anyway, aqui fica o link dos critérios da candidatura:

 

http://candidatura.uc.pt/

 

E aqui fica o saudosismo desta tarde, entre limpezas. Ao arrumar a roupa de Inverno, descubro que alguns casacos tinham pequenas manchas de bolor (o de pele estava cheio...) e toca de escovar tudo, pôr ao sol, meter capas negras a arejar, comprar antitraças e desumidificadores para colocar nos roupeiros. E mais de 10 anos depois e 2 filhas gémeas, o traje académico serve na perfeição! Ha! E, para as piolhas, o resultado das arrumações deu nisto:

 

 

 

Não faço questão que vão para a universidade e sejam "doutoras" :/ faço sim questão que sejam felizes, que tenham bons níveis de cultura e aprendizagem, valores morais e éticos, que sejam educadas, que sejam inteligentes o suficiente para vingar nesta sociedade em que vivemos. Se optarem por um percurso diferente, apoiá-las-ei sempre; se quiserem ir para a universidade, esse apoio manter-se-à. Não penso muito nisso. Um passo de cada vez e a felicidade delas acima de tudo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:30

"Viva o São João!"... dentro de portas

por t2para4, em 22.06.13

Para evitar o infortúnio e a frustração a 4 do ano anterior, este ano decidi que nem iria sequer tentar ir ao São João, fosse por que motivo fosse, viesse quem viesse. Infelizmente nem a bolsa permitiu nem o marido está disponível (agora até trabalha por turnos com noites incluídas), pelo que, fim de semana fora só se for em casa dos meus pais. 

 

Por isso, o nosso São João limitou-se a duas coisas extremamente importantes e que constituem um passo gigantesco na evolução das piolhas e da nossa vida familiar. Não esquecer que, aquilo que é banalíssimo e habitual em outras crianças, não o é nas minhas...

 

Assim, tcharammmm!!!!!!!

 

As piolhas foram passear com a avó e tia, sem a presença dos pais e fora do contexto infantário, pela primeirra vez!!!! Foram visitar o recinto da feira e às compras, portaram-se lindamente e surpreenderam toda a gente. Com aquele carisma fantástico que elas têm (vá, e mais o facto de srem iguais) mais a persistência da minha mãe, a senhora ligou o carrossel de propósito (pois o recintp ainda estava fechado) e as piolhas lá andaram no carrossel sem música nem solavancos, mais tempo do que o habitual e deliraram! Pela primeira vez, independentemente de ter ou não um rótulo, as piolhas souberam o que é sentir a alegria que outras crianças sentem nos mesmos espaços físicos, com as mesmas atividades.

How huge is that?!!

 

E, ainda há mais! À tarde, fomos às farturas e aproveitámos para ver o recinto da feira e os expositores e elas não se sentiram nada mal com os ensaios da banda, identificaram o som como sendo o de bateria, não se queixaram "com o coração partido" e, apesar de eu sugerir que fossemos embora, quiseram arriscar a andar na rua, na boa! Fiquei verdadeiramente surpreendida.

Não o suficiente, porém, para me pôr a fazer já grandes festejos. Para já, ficamos assim. Vale mais sair do jogo enquanto estamos a ganhar. Marchas populares? Para o ano, talvez.

 

Para já, ficamos assim:

 

Martelinhos de São João, já que, este ano, também desisti dos manjericos e não encontrei alho-porro;

 

Tradicional no t2: tem de haver farturas para a sobremesa e outros miminhos...

 

 A minha sobremesa: caipirão com limão porque não tinha limas em casa. Uma ma-ra-vi-lha. Mesmo.

A tradicional sardinhada com salada de pimentos está planeada para 2ª feira e mai nada. Fogueiras a saltar só daqui a uns anos valentes. São João etnologicamente tradicional só daqui a muitos anos. 

E pronto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:32

"Quanto tempo dura o eterno? "

por t2para4, em 20.06.13

"Alice: Quanto tempo dura o eterno?
Coelho: As vezes apenas um segundo."


in (Alice no País das Maravilhas), Lewis Carrol

 

 

Como é que viajamos daqui:

 

para aqui:

 

 

tão rapidamente, tão subtilmente, tão espantosamente, tão loucamente?

Como é que as minhas ervilhinhas já estão prontas para entrar no 1º ciclo?

Como é que o tempo ousou passar assim desta forma?

E, olhando para trás, parece que "só" de passaram 6 anos e já temos as vivências de muitos mais... E o tempo passa, as piolhas passam de bebés a crianças a adolescentes a jovens a adultas e... eu nunca deixarei de ser mãe, mas deixarei de sentir o cheiro doce de bebé nos seus cabelos finos de criança, ainda com caracoletas rebeldes; deixarei de poder passeá-las orgulhosamente (e vá, controladamente) pela mão; deixarei de sentir o colinho bom que lhes dou; deixarei de ouvir os seus sonos de criança... E, como o tempo passa, sem nos dizer que passa, vamos aproveitar estes pequenos nadas porque eles depressa desaparecem.

Estou feliz pelas etapas alcançadas pelas minhas piolhitas mas nostálgica... :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:33

Ementa mensal

por t2para4, em 18.06.13

 

Por regra, salvo meses em que ande verdadeiramente cansada e apática, como já aconteceu, prefiro organizar-me a nível de ementas para não ser apanhada desprevenida quando surge algum impreviso ou chegamos a casa já muito tarde e nem tempo há para fazer jantar, etc. 

A minha estratégia é sempre a mesma e pouco varia de mês para mês: pego numa folha e divido em colunas onde faço um mini calendário do mês em questão, com os dias do mês e da semana. Em cada quadrado, anoto a possível refeição para esse dia.

Cada sugestão é pensada de acordo com o que tenho no frigorífico, no congelador ou na despensa. Cmo é algo pensado com antecedência, dá para programar uma ou outra refeição mais leve, pensar em pratos de legumes, em ter ou não disponiblidade para experimentar um prato diferente, etc 

Quando for necessário ir às compras, as opções feitas para a alimntação desse mês, já contemplam os ingedientes necessários - tirando os frescos - e já não há a tentação de comprar refeições pré-feitas ou congeladas, etc.

 

Poderão estranhar o facto de só haver uma refeição planeada nas minhas ementas mas explico: na maioria das vezes, só jantamos todos juntos, o que significa que almoçamos no trabalho ou escola, ou almoçamos fora ou nos meus pais, etc. Eu costumo almoçar em casa as sobras do jantar da véspera, que já faço a contar com isso, ou opto por uma sanduíche ou uns ovos mexidos, etc. Costumo ter sempre uma panela de sopa no frigorífco portanto, mesmo que não haja mais nada ou a vontade seja pouca para cozinhar, sopa há sempre!

 

Apesar de já um pouco tarde, para este mês, pensei:

 

Dia 1 - alho-francês à brás + creme de alface

2 - frango com limão + pernil o forno com batata assada

3 - salada de feijão-frade com pimento vermelho e atum + sopa d abóbora e bróculos

4 - favas guisadas com chouriço e pernil

5 - douradinhos no forno e arroz de tomate

6 - massa com salsichas e cogumelos

7 - frango estufado com batata frita + sopa de grão com massa

8 - trouxas de alheira com cogumelos

10 - esparguete à bolonhesa 

11 - empadão de legumes

12 - sopa de feijão verde e alface + redon

14 - costeletas grelhadas com molho de manteiga e salsa e arroz de ervilhas

15 - salada fria com atum

16 - chili

17 - salada de polvo com grão de bico

18 - pescada cozida com ovo, batata e cenoura + canja

19 - panados com esparguete de tomate

20 - ervilhas com ovos escalfados e bacon

21 - batatas assadas no forno com salsichas e cogumelos

22 - creme de cenoura + fiambre panado e batatas fritas

23 - pescada com espinafres e crosta de bro

24 - sardinha assada com salada de pimento/tomate/alface

25 - arroz de frango no forno

26 - quiche de frango com cogumelos

27 - omolette de queijo + creme de favas

28  - risotto de delícias do mar

29 - massada de peixe + folhadinhos mistos

30 - arroz de cabidela + frango à brás

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:18

Em anos civis, as piolhas entram já este ano para a escola primária, ou mais corretamente dizendo, para o 1º ano do 1º ciclo do ensino básico, já este setembro. Em anos letivos, entram já o proximo ano 2013/2014. A minha cabeça funciona um pouco por anos letivos e não civis...

 

Ora bem, serve este post para auxiliar - talvez agora já não vá a tempo - mas fica para referência futura, em relação a processos de matrícula dos nossos piolhos no 1º CEB.

Há quatro pontos a seguir, no nosso caso, que coincidem em alturas diferentes de calendarização e, que por isso, convém estarmos atentos às datas de incrição ou entrega de documentação. 

O que refiro neste post diz respeito ao ensino público.

 

1. Inscrição/Matrícula no 1º ciclo 

As matrículas são feitas na sede de agrupamento e, tanto quanto eu sei, podem ter datas diferentes de região para região. As matrículas podm ser feitas online ou na secretaria, embora ainda possam ser feitas em impressos em caso de falha informática. Em qualquer caso, o Encarregado de Educação fica sempre com um comprovativo da inscrição.

É necessário levar cópias dos seguintes documentos:

- 1 fotografia tipo passe

- cartão do cidadão (que já inclui número fiscal, segurança social e utente do serviço de saúde)

- cartão do cidadão dos pais

- comprovativo de morada (fatura da água ou eletricidade, por exemplo. Acho que foi aqui que entreguei um...)

- NIB (para efeitos de seguro em caso de acidente)

- boletim de vacinas atualizado

 

No ato de inscrição, no nosso caso, foi assinalada a existência de Necessidades Educativas Especiais, especificando, Perturbação do Espectro do Autismo, anexando, para tal, o relatório mais recente enviado pela unidade de auismo do HPC e a declaração de deficiência que entregámos na segurança social para pedido de bonificação. A este documento juntar-se-ão outros, descritos no passo 4.

 

2. Inscrição em serviços de Ação Social e Escolar

No caso da escola que as piolhas frequentarão é a autarquia a responsável pela alimentação, apoios e transportes, logo, a inscrição foi feita nos serviços de ação social da nossa autarquia.

Já tínhamos, eu e o marido, decidido que as piolhas almoçariam na escola, só tínhamos que tratar das inscrições cujas datas não coincidem com as matrículas da escola...

É necessário preencher um formulário dos próprios serviços requerendo a ação e o apoio pretendido - no nosso caso, almoço e material/livros escolares -, anexar a declaração assinada e carimbada pelo médico que atesta o tipo de necessidade educativa especial.

Em casos normais é necessário:

- boletim de inscrição

- IRS

 

No nosso caso, foi-nos requerida a inscrição e a tal declaração (cópia da última página do pedido de bonifcação de deficiência). Ao abrigo do Decreto-Lei 55/2009, artigo 32º, os alunos com necessidades educativas especiais de carácter permanente têm direito a apoio suplementar (consultar este link, do Diário da República)

 

3. Inscrição em Componente de Apoio à Família/ATL/etc.

As piolhas também frequentarão um ATL. Apesar de atualmente desempregada - embora com um contrato de emprego/inserção do centro de emprego -, não sei o dia de amanhã e não quero correr riscos em relação ao "onde ficam as piolhas? quem as vai levar ou buscar? e as férias? e agora???". Decidimos inscrevê-las no ATL mais próximo da escola, nos períodos da manhã, almoço e tarde. A componente da hora de almoço é um apoio extra dado às famílias e ocorre nas instalações da escola. Para nós é uma maneira de ficarmos descansados e sabermos que haverá um maior e melhor acompanhamento.

Do que necessitámos:

- ficha de inscrição do ATL e componente da hora de almoço

- 1 fotografia tipo passe

- IRS

- cópia do último recibo de vencimento dos pais

- declaração médica de necessidade educativa especial

- declaração/atestado médico que comprova a medicação que as piolhas tomam (e consequentes despesas) 

- declaração do terapeuta da fala em como as sessões são pagas por nós (e não temos apoios de qualquer espécie)

- cópia do cartão do cidadão da criança

- cópia do cartão do cidadão dos pais

- comprovativo de pagamento de prestação de casa (própria) ou renda

- outro documento considerado relevante

 

4. Documentação de referenciação para o Plano Educativo Individual (PEI)

Esta é uma documentação - uma não, várias! - que devem ser elaboradas em conjunto com a equipa educativa que sempre seguiu os alunos. Neste caso, as piolhas tiveram estes documentos preenchidos e assinados pela psicóloga da Intervenção Precoce que as acompanha, pela educadora de infância e por mim.

Assim, para anexar ao boletim de matrícula e servir de base de construção do PEI, com o decreto-lei 3/2008 por trás, é necessário:

- declaração do terapeuta da fala (ou outros terapeutas, se for o caso)

- ficha de referenciação da criança

- roteiro da criança

- relatório técnico-pedagógico

 

Estes documentos têm que ser assinados e tratados pelo Agrupamento de Escolas. O processo pode decorrer até à entrada da criança para o 1º ciclo.

 

E, assim sendo, tratada  toda a documentação, papelada necessária, voltas dadas, cópias tiradas, dossiers consultados,....,  temos as piolhas - oficial e legalmente - inscritas, matriculadas e prontas a entrar numa das muitas novas fases das suas vidas: o 1º CEB.

 

Breath in, breath out.... As many times as necessary...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Cinzenta como o tempo...

por t2para4, em 11.06.13

Mas por que raio este ano andamos assim, chove não chove, ora faz sol e calor, ora faz frio... Eu já nem sei o que vestir às piolhas, que estão altíssimas, quando o tempo arrefece...  E nem pensar em gastar mais dinheiro em roupas nos próximos tempos... 

 

Por aqui, a esta hora, sozinha e com uma terrível dor de cabeça, está a dar-me pr'ó saudosismo e para a melancolia... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:17

Contador

AmazingCounters.com


Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor







Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Visitas


Translate this page


Mensagens