Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




"Madrinhas de Guerra" de Marta Martins Silva catapulta-nos, na forma escrita de cartas, areogramas ou telegramas e até postais, para a época da Guerra do Ultramar. A autora dá-nos a devida contextualização histórica do fenómeno "madrinhas de guerra" e da sua importância. E, como em tudo na vida, temos a versão politizada e quase colada ao regime e temos a versão mais livre, sem amarras que se descolava e não precisava do Movimento Nacional Feminino para se alcançar o seu objetivo primário: correspondência com soldados portugueses em comissão (mínima de dois anos) nas (agora ex-) colónias, em especial Angola, Moçambique e Guiné.


O tema fulcral é a correspondência entre soldados e madrinhas, como ocorre, como decorre, como termina. Há algumas que não dão em nada, outras que acabam quando o soldado regressa à metrópole e daí volta à sua terra natal, outras que dão em casamento.
É uma obra muito interessante, com pedaços concretos de parte da nossa História recente, que mostram um lado menos negro (e real) de uma guerra absurda.


Algumas surpresas pessoais: se a correspondência passasse pelo MNF e alguns corredores governamentais, era quase toda gratuita; a taxa de alfabetização nas raparigas acabou por crescer um pouquinho graças a este fenómeno; Portugal ainda tinha uma mentalidade muito fechada para a época (não esquecer que foi nos anos 50, 60 e 70 que se deu um boom cultural, musical e social noutros países); as comissões no Ultramar eram maiores do que imaginara.
Recomendo a leitura. Achei muito interessante.

 

livro.jpg

 

 

-------------- Estamos também no Facebook e no Instagram ------------

 

publicado às 16:41

Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.



Mais sobre mim

foto do autor







Parceiros


Visitas


Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Translate this page


Mensagens