Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Podia ser uma restrospetiva mas não é

por t2para4, em 31.12.19

Não vou alongar-me em retrospetivas do ano, da década, das duas últimas duas décadas. 

Aconteceu muita coisa - demasiadas coisas! - para que eu pudesse escrever em meras poucas linhas. Só sei que, num piscar de olhos, os anos 80 já não foram há 20 anos, que ainda não temos teletransporte e que as máquinas do tempo ainda não existem (apesar das imensas séries sobre o assunto); há combóios que já "voam" sem tocar nos carris mas ainda não temos carros voadores nem passadeiras ao estilo "The Jetsons" (sou só eu que se lembra destes desenhos animados?).

Só sei que, nestes recentes 20 anos, acabei um curso superior, namorei e casei, fui mãe, fiz uma especialização, frequentei milhentas ações de formação/workshops/palestras/etc, comprei casa, comprei e vendi carros, levei um colégio particular a tribunal e ganhei a causa, viajei dentro do que foi possível em Portugal e em Espanha, visitei São Miguel e Paris, escrevi dois livros coletivos com ISBN e tudo, conheci pessoas incríveis que nunca pensei conhecer, fiz amizades via facebook e mantive as pessoas certas por perto (mesmo quando a distância física impera), fiz a apresentação inicial dos livros de duas autoras, estive em várias outras apresentações, tenho livros autografados de formas bastante originais (já que, além da dedicatória do escritor, tenho também desenhos dos filhos delas - Ser Super Mãe é uma Treta e A Mãe Imperfeita, são exemplos disso),  envolvi-me em diversos projetos onde o meu nome está referido, tomámos decisões tão importantes que alteraram o curso das nossas vidas quer a nível pessoal quer profissional, ouvi milhares de músicas que já nem me lembrava que existiam/de que surpreendentemente gostei/que foram um perda de tempo, li tanto tanto que acho que é por isso que as piolhas não lêem já que a mãe faz isso por elas, li a saga Twilight, Harry Potter, Senhor dos Anéis e Agatha Christie, vi séries fe-no-me-nais e nunca vou esquecer a série Lost ou o quanto a minha vida está marcada pelos CSI ou o Matrix, passei a ter um carinho especial por carros antigos e robustos a que carinhosamente chamamos "ferros velhos do aço" mas cheios de tecnologia no interior, ah pois é! 

Descobri que há uma perturbação neurológica chamada "autismo" e a minha - nossa! - vida deu uma volta de 180 graus a uma velocidade G quase insuportável, passei a ser (ainda mais) consciente e sensivel e sensibilizada para a diferença, criei um blog/uma página no FB e no IG, organizei ações e palestras de sensibilização, estive envolvida em manifestações e até apareci na TV e em jornais, frequentei mais formações e traduzi milhares de páginas sobre abordagens terapêuticas e projetos para pessoas com deficiência, pagámos milhares de euros em terapias e materiais e formações (sem nunca recorrer às redes sociais para isso), estive dentro de espirais de emprego-desemprego, com alguns episódios graves de doença e um aborto espontâneo pelo meio, mas sem nunca deixar de trabalhar ou que isso afetasse as nossas vidas já organizadas para o bem estar das piolhas, a vários níveis.

Descobri - descobrimos! - que somos capazes de renascer das cinzas, qual Fénix, e voltar do inferno mil vezes mais fortes. E ir buscar forças à caralholândia para enfrentar tudo e todos. E nunca desistir, mesmo quando o cansaço e o desespero imperam e nos forçam a desarmar ou a abrandar.

 

Seja como for, com ou sem retrospetiva, não me apetece muito olhar para trás e filtrar apenas as coisas boas ou falar das más como lições. Foi o que foi e pronto. Os anos 80 não foram, definitivamente, há 20 anos e os meus cabelos brancos e rugas teimam em aparecer. Mas, hey, estamos vivos, estamos bem, estamos juntos, temos saúde e somos bué amorosos e foleiros. Por isso, não é uma retrospetiva, é uma vida vivida, relatada em meia dúzia de linhas, já que faltam 10h para acabar 2019 e parece bem escrever um pouquinho sobre o assunto.

 

Os nossos desejos sinceros são que sigam o coração, sempre. E que vejam o copo sempre cheio, nem que seja de ar. E que, mesmo com os ensinamentos e os regressos ao passado, o caminho é para a frente e de preferência com sol e um ventinho a soprar no cabelo.

 

IMG_20191228_101722.jpg

 

 

 

 -------------- Estamos também no Facebook -------------------

publicado às 13:25

Direitos Reservados

Algumas das fotos publicadas neste blog são retiradas da Internet, tendo assim os seus Direitos Reservados. Se o autor de alguma delas discordar da sua publicação, por favor informe que de imediato será retirada. Obrigada. Os artigos, notícias e eventos divulgados neste blog tem carácter meramente informativo. Não existe qualquer pretensão da parte deste blog de fornecer aconselhamento ou orientação médica, diagnóstico ou indicar tratamentos ou metodologias preferenciais.



Mais sobre mim

foto do autor







Parceiros


Visitas


Copyright

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência. Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das identificadas www.t2para4.com/t2para4. Do mesmo modo, este blog faz por respeitar os direitos de autor, mas em caso de violação dos mesmos agradeço ser notificada.

Translate this page


Mensagens